quarta-feira, janeiro 27, 2010

PostHeaderIcon Coisas da vida

- Amiga, você pode comprar um analgésico e anti-inflamatório que o médico receitou para minha Mãe? Ela está em casa, com dor e eu vou demorar para sair do trabalho. Você paga no cartão e eu reembolso você, hoje, ainda.
- Será que você pode me dar o dinheiro dos medicamentos que comprei para sua Mãe no começo do mês? A fatura do cartão cai amanhã...


- Amiga, você pode pegar meu filho no basquete? Estou presa no trânsito ...
- Moça, eu precisei pagar estacionamento para pegar seu filho e fiquei uma hora no trânsito. Além disso, você me disse que ele saia às 18h e só consegui arrastá-lo para fora da quadra às 19h.


- Amiga, minha empregada não veio trabalhar e minha mãe não tem condições de lavar a louça, será que a sua empregada poderia dar uma força lá em casa?
- Como é que é? Você quer que eu mande minha empregada trabalhar para você no horário que eu estou pagando salário para ela? Tá louca? Ah ...fora do meu horário? Depois que ela sai da minha casa ela é dona da vida dela e não tem obrigação alguma ...


- Amiga, vou chegar mais tarde, hoje, você pode avisar minha Mãe? O telefone lá de casa não está atendendo.
- Essa é fácil. Basta ligar o interfone!


- Amiga, você vai sair com o cachorro? Pode levar a minha?
- Nâo. Não posso!


- Amiga ...


E assim os pedidos de pequenos favores foram se avolumando. Certa vez a "pidona" obstruiu os passos da empregada e desviou as atividades para suas necessidades deixando a outra na mão, sem avisar, é claro! As duas foram chamadas às falas e ... "amiga, você está com ciúmes da sua empregada ..."

Os deslizes e falta de ética e de respeito acabaram por afasta-las, mas a "pidona" não estava satisfeita e instigou sua mãe, que telefonou, num domingo:

- Olhe, minha filha foi para o clube tomar sol e estou sozinha em casa. A cachorra fez cocô e está um cheiro horrível aqui. Também é preciso colocar o saco de lixo no corredor para o faxineiro recolher. Eu não consigo fechar a janela da sala e vou sair para almoçar fora. VENHA aqui me dar um socorro.
- MInha Senhora, tenha respeito por mim, faça-me o favor! Não tenho nenhuma obrigação e nenhum motivo plausível para faxinar sua casa. Dê uma gorjeta ao faxineiro do prédio se quiser.


- Miguinha, você tá zangada comigo?
- Nunca, mia fia! Por que estaria?


Explicar ou tentar mostrar os erros e abusos que a outra comete só a autorizam a pedir desculpas e continuar no mesmo passo. Ela não vai mudar por que ninguém muda. Ela é folgada e vai morrer folgada.

Bjkª. Elza
domingo, janeiro 24, 2010

PostHeaderIcon Dura realidade

Tenho acompanhado uma amiga na busca de casa de repouso para a Mãe dela.
Fomos a uma casa aqui perto de mim e, lá, eu conheci uma senhora de 104 anos que fica o dia inteiro deitada num sofá e de noite é colocada na cama para dormir. Não se movimenta e não tem lucidez. Perdeu o contato com o mundo.
Conheci outra, de 86 anos que fala mais do que a boca. Feia, muito feia, mas completa e totalmente lucida. Diz que foi para lá por que quebrou o fêmur e teve complicações e que sairá de lá em 2 meses. Contou que tem 5 livros publicados entre contos e romances e que advogou muito.
Outra, de 95 anos está lúcida. Também sofreu com a cirurgia do fêmur. Depois, outras complicações surgiram. Disse que gosta da casa e que as moças são muito atenciosas e carinhosas. Conversei com ela longe das moças e da administradora.
Consegui me chocar ao ouvir, insistentemente, uma idosa chamar pela "moça" para que desse comida e ela havia acabado de ser alimentada e não se lembrava.
Vi muitos mais idosos com problemas diversos e alguns deles em companhia de familiares, mas não gostei do local. Senti-me estranha lá dentro, embora ambiente limpo e medianamente arrumado e muito calor humano. Poderia ter mão feminina para deixar tudo mais bonito e sem gastos.
Na outra casa que fui com minha amiga a situação era diferente, pois, toda branca, camas hospitalares, enfermagem e ajudantes circulando, jardim interno e frieza doentia. Faltou calor humano.
Conversei com as pessoas da equipe mas a frieza me incomodou muito. Vi internos com cuidadoras pessoais e me perguntei para que estar numa clínica, mas ...
Nessa clinica eu conheci uma senhora com pouco mais de 60 anos em estado de debilidade física total. Ela tem uma doença que vai paralizando os músculos e depois não consegue nem respirar sem ajuda. O cérebro é preservado. Ela sofre porque sempre foi pesquisadora e lecionou em grandes faculdades pelo Brasil.
Numa terceira clínica em que estive com minha amiga o que mais me chocou foi a mentira. Ela avisou que iria visitar a casa. Quando chegamos nos deparamos com três idosas muito arrumadinhas conversando entre si. Uma delas aos 99 anos lúcida e alegre; outra de 87 surda e outra de uns 90 anos com agulhas de tricô na mão fazendo um sapatinho. A turma se animou com a chegada de uma senhora de uns 70 anos que visitava a de 99, com sacolinha cheia de frutas. O papo foi engrossando e era alegria incontida. Outras idosas chegaram e o grupinho cresceu.
No dia seguinte todas tinham desaparecido e a loucura tomara conta da casa. Pessoas muito debilitadas e desligadas da realidade andando sós pela casa, aos gritos; pratos, copos e talheres de plástico distribuidos aos internos ... Os móveis são vagabundos demais.
Essa clinica tem 3 unidades e conheci 2 delas. A segunda que visitei tem aspecto simpático, mas é um labirinto e tem acomodações feias e móveis de baixa qualidade. Nessa casa eu vi muitos idosos sentados na sala olhando para o nada, esperando o tempo passar. Acabou o interesse pela vida e pelas coisas. Acredito que se houvesse terapeuta ocupacional eles não se interessariam em participar das sessões. Não conversam entre si.
Os olhos estão fracos; as mãos tremem, a atenção intermitente e não dá para fazer trabalhos manuais, não dá para ler e os assuntos acabaram. Televisão é horrível, pois, muitos estão surdos e enxergam mal.
Numa clínica o banheiro é adaptado com o vaso sanitário alto e com suportes nas paredes. Noutra, os vasos são no chão e a direção entende que os idosos não precisam dos vasos altos porque são baixinhos... Assentos especiais são proibidos ou desconhecidos, depende de quem lhe responde.
Banheiro no corredor é a tônica. Idoso não precisa de privacidade!
O que a idade faz com as pessoas me incomoda muitissimo. Essa perda gradativa das forças e das capacidades me entristece e preocupa.
A qualidade dessas clínicas está me deixando arrepiada, especialmente porque sou só, sem filhos.

Elza
terça-feira, janeiro 19, 2010

PostHeaderIcon Haiti









imagens retiradas alhures, na net
O que está acontecendo naquele pequeno pais encravado numa ilha perdida é monstruoso. A população desguarnecida do mímino aceitável para sobreviver, ou seja, água, comida, moradia e trabalho acaba se tornando violenta e intransigente. Acredito que todos os sobreviventes tenham perdido alguém da familia nessa tragédia o que aumenta a dor e o desespero.
Nosso País está lá, socorrendo e ajudando, faz muito tempo, já que a força de paz era e é comandada pelo exército. Nossos impostos estão sendo destinados à conduzir aquela população ao mínimo de dignidade possível.
Vidas importantes de bravos brasileiros foram levadas pelo terremoto e não estou me referindo apenas à Drª Zilda Arns, mas sim, em especial aos soldados que foram soterrados pelos escombros das construções de péssima qualidade e que deixaram familias sem esteio.
O que aconteceu no Haiti é mais um alerta para todos nós da pequenês do ser humano diante da natureza.
Isso é apenas meu desabafo. Não é crítica ao governo nem à ONU, nem a nada. Apenas um desabafo, pois, pobreza como a que se está vendo no Haiti existe em outras partes do mundo e nenhum de nós se importa e encara como natural. Basta olhar para a Africa, para certas regiões do Oriente e também da América do Sul. Basta observar com atenção a zona de guerra no Oriente Médio para se ter idéia do que é fome e medo.
Ofereço essa flor e essa vela não apenas ao haitianos que estão sofrendo nesse momento, mas a todos os que estão diretamente envolvidos na reconstrução daquele país.

Elza
sábado, janeiro 16, 2010

PostHeaderIcon Rosamaria

Rosamaria é gaucha.

Eu a conheci via internet e desde o incício nos demos bem. Conversamos e trocamos idéias sempre via internet por bastante tempo, até que lhe pedi o número do telefone e liguei.

Nos conhecemos pela voz.

Ela sempre tem coisas boas para contar para nós.

Fala sobre os filhos, as netas e marido sempre nos mostrando a familia unida e amorosa que formou. Dá gosto de acompanhar.

Animada, está sempre em viagens para cá e para lá. Ri fácil. Cheia de imaginação ela brinca, se diverte e diverte aos que estão em volta, sem ser palhaça.

Ela sabe das coisas e cozinha muito bem. Faz chocolates e tem imaginação para criar artesanatos.

Rosamaria está se recuperando de um acidente doloroso e que a deixou de gesso no pé e agora, de muletas, mas por pouco tempo.

Hoje ela está de aniversário e, como diz nossa amiga Meire, inaugurando idade nova.

Ela é meiga e suave como essa rosas cor de rosa que ofereço com muito carinho.

Rosinha, comemore seu aniversário com toda a pompa e circunstância que puder. Fique bem. Seja feliz sempre que for possível.

Muitas bjkªs da Elza
sexta-feira, janeiro 15, 2010

PostHeaderIcon Haiti

Claro que sou apenas mais uma completamente estarrecida com o que aconteceu no Haiti.

Desgraças naturais acontecem, como o Katrina, terremoto na Italia, na China, inundações e nevascas e movimentação de vulcões, mas sempre em locais com recursos mínimos para socorro à população.

As fotos que a Folha de São Paulo tem publicado sobre essa tragédia são chocantes. Pessoas passando por cima de centenas de corpos sem vida ... edificios e todo tipo de construção desabados ...

A TV mostrou cenas horríveis de pessoas e mais pessoas andando para lá e para cá sem terem onde ir, o que comer ou o que beber; perdidas e talvez sem saber o que aconteceu.

O Haiti é um pais minúsculo, sem exercito, sem marinha, sem aeronáutica, sem vida própria, ex-colônia da França e completamente dependente de ajuda externa para que sua população sobreviva. Em todas as outras catástrofes muitas pessoas morreram e edifícios se perderam, mas havia meios de socorro aos desabrigados, mas no Haiti, não tem combustível para que as máquinas possam trabalhar. Máquinas essas, transportadas para lá pelos imensos aviões de carga que não estão conseguindo pousar nas pistas primitivas!

Valas comuns para enterro das centenas de corpos em decomposição, sem identificação, sem qualquer cerimônia para evitar doenças que se alastram e contaminam a todos.

E os animais, como estarão?

O Brasil já estava comprometido com a pacificação daquele país e mantinha tropas por lá. Agora, mais do que nunca está envolvido e já despachou aviões e mais aviões com ajuda em água, medicamentos, médicos, bombeiros e cães, muitos cães para localizar vítimas.

Pelo que li, Cuba enviou médicos, os Estados Unidos socorreram assim como alguns países europeus. Nada mais justo!

Nessa tragédia, além, da população local e alguns militares, perdeu a vida nossa médica sanitarista envolvida com a sobrevida de menores: Doutora Zilda Arns.

O respeito e admiração que tive por essa senhora não podem ser escritos, pois, não conheço elogios bastantes para demonstrar a importância dela no cenário nacional e quem sabe, mundial, no combate a mortalidade infantil e, por último, no trato com os idosos.

Apesar de minhas severas críticas ao nosso governo e ao "noço prisidenti" preciso elogiar a destreza e a qualidade da ajuda que foi enviada àquela população.

Contudo, temos população sofrida, pobre e desguarnecida do mais mínimo, aqui, no nosso país, desassistida ano após ano.

Bjkª. Elza
quarta-feira, janeiro 13, 2010

PostHeaderIcon AVATAR

Assisti em 3D.

História de sempre: o bem lutando contra o mal.

O bem: povo espiritualizado que vive em harmonia com a natureza. Está sendo invadido pelo povo do mal.

O Mal: terrestres que querem extrair minério do subsolo do planeta onde o povo do bem vive.

Além dessa luta eterna, tem romance no meio.

Plasticamente belissimo, apesar da mistura de elefante com peixe martelo e bichos esquisitos com 6 patas; dinossauros voadores e homens dentro de carapaças imensas; helicóptero com hélices verticais girando para lados opostos ...

Tem armas de fogo; naves espaciais e soldados treinadíssimos contra arcos e flechas.

Claro que o bem vence e o romance se concretiza.

Vale a pena assistir pela beleza dos desenhos e pela criatividade nos momentos de singeleza e amor. Computação gráfica profissional muito bem executada.

A história não pode ser levada a sério.

Bjkª. Elza
domingo, janeiro 10, 2010

PostHeaderIcon Coisas de meu marido II

Numa dessas raras ocasiões em que meu marido saiu com o Baltazar à noite, viu-se impedido de andar pela calçada com o cachorro e recusou-se a correr risco e andar pelo leito carroçável da rua. Ligou para mim:
- Beeeeeemmmmmmmmmmmm, qual é o telefone da CET?
- O que houve? É 1188...
- Depois eu explico e desligou.
Minutos depois:
- Beeeeeemmmmmmmmmmmm, ligue vc para lá. O telefone da CET não aceita ligação interurbana e o meu celular é de Belo Horizonte.
40 minutos depois ele chega em casa com a cara mais feliz do mundo:
- Beeeeeeemmmmmmmmmmmmm, você não pode imaginar o que aconteceu. Aqueles salafrários que tomam o dinheiro dos motoristas correndo para e para cá ... Foi uma beleza, um espetáculo de circo. Eles tentando tirar os carros e o caminhão da CET bloqueando ... Os marronzinhos só anotando as placas dos carros irregulares ... Olhe pela janela.
Olhei e estava estacionada a caminhonete da CET com dois marronzinhos lavrando multas e mais multas, bem na porta do nosso prédio, pois, eu os acionei, a pedido do marido, e em menos de dez minutos chegaram no local indicado. Flagraram 11 veículos irregularmente estacionados. Havia 2 deles sobre faixa de pedestres com pisca alert ligado; diversos sobre a calçada; alguns na área demarcada como proibida e por aí afora. Fizeram a festa.
- O pior é que não adianta deixar a notificação no para-brisa do carro porque esses pilantras jogam fora. O dono do veículo só saberá da multa quando a autuação chegar pelo correio, disse o marronzinho.
- Pois é, e ainda pagam R$ 15,00 para que esses indivíduos estacionem o carro!!! Pagam a conta do restaurante e acham que são espertos, respondeu meu marido.
Bjkª. Elza
quarta-feira, janeiro 06, 2010

PostHeaderIcon Estelionato - CAPEMI

Minha amiga recebeu notificação, via correio, a seguir resumida: Dizia que por ordem do juiz de direito da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Forum da Comarca de São Paulo - Forum João Mendes Junior, minha amiga teria R$ 45.390,60 para receber, nos autos da ação indenizatória nº 105033389-94. O depósito teria ocorrido em 23 de março de 2004, a guia de recolhimento o nº 40027717. Quem estaria pagando? CAPEMI CAIXA DE PECULIOS, PENSÕES E MONTEPIOS. Diz a notificação que o crédito está disponível e que deveria ser agendada pelo telefone (11) 6118-9030, ramal 135, de 2ª a 6ª feira das 9 às 16 horas, AUDIÊNCIA para resgate. Os maiores de 60 anos ou residentes fora da comarca podem optar por crédito bancário. Nomes que aparecem na notificação: escrevente: Marcos Antonio Crospe Diretor de Serviços: Guilherme Delfine Anttoni Por partes: 1. A Justiça Estadual de São Paulo não utiliza aerograma para notificar alguém de alguma coisa. Usa publicação no Diário Oficial aos advogados e oficial de justiça para as partes. Caso haja notificação via postal, é por carta ou oficio e nunca por aerograma. 2. Quem enviaria qualquer comunicação à parte seria o OFICIO DA FALÊNCIA E RECUPERAÇÕES JUDICIAIS e não a Vara. 3. O Oficio da Falência fica no 16º andar do prédio do Forum, na Praça João Mendes Junior, s/nº e não existe motivo para que conste na tal notificação indicação do 1º Oficio Civel = 6º andar - sala 603. São Varas e Oficios diferentes e competências diferentes. 4. Não existe Diretor de Serviço que assine em nome e por ordem do Juiz. 5. Não existe audiência para resgate de importâncias depositadas em processos, assim como, as pessoas não podem optar por créditos bancários. Diante dessa análise superficial do texto já se pode declarar que há safadeza por traz dessa "notificação", mas sou perfeccionista e quis saber detalhes. Entrei no site do Tribunal e tentei encontrar o tal processo. Ele não existe! Procurei pelo nome da CAPEMI e descobri alguns feitos, mas nenhum na Vara da Falência. Liguei para o número indicado, pedi o tal ramal e chamei pelo Sr. Guilherme dizendo que eu recebera a tal "notificação". Ele, muito grosso e sem educação, pediu-me o nome completo e me perguntou se eu tinha sido professora ou funcionária pública. Neguei e ele me disse, na lata: - Então pode desprezar essa carta! Tentei alguma explicação e ele bateu o telefone!

Inconformada, liguei para o 1º Oficio da Falência lá no Forum João Mendes e conversei com o escriturário que me disse que esse golpe está disseminado pelo Brasil e que existe inquerito policial instaurado no 1º Distrito Policial desta Capital para apurar responsabilidades.

O golpe: SUPONHO que seja igual, ou assemelhado, àquele que relatei no meu outro blog em 7 de julho de 2008: A organização criminosa pede que sejam depositadas as custas em nome de determinada pessoa que detem o cargo de "oficial do Banco" para, então, o dinheiro referido na "notificação" ser liberado. Claro que não oferecem endereço e nem qualquer tipo de garantia para o incauto, que, sem pestanejar, deposita o importe e nunca mais ouve falar no grupo! Povo querido, cuidado com esse golpe. Não telefone e não acredite no que está escrito na tal "notificação". Vá ao Forum e procure saber se é verdade!!! Não jogue seu dinheiro fora! A pedido do investigador que acompanha esse blog solicito a todos vocês que coloquem no comentário seu 1º nome e o que está escrito no carimbo do correio, ou seja, local e hora da postagem. Bjkª. Elza
segunda-feira, janeiro 04, 2010
Bjkª. Elza

Thelma Louise

Thelma Louise
Minha gatinha querida

Pesquisar este blog

Perfil

Elza Maria sempre em busca de respostas. Paradoxal, curiosa, inteligente, crítica, observadora, sentimental, habilidosa, amorosa, sensível, disciplinada e um montão de outras coisas. Ser humano normal, comum, mediano, mas que gosta de escrever e está no quarto blog.

Arquivo do blog

Atualizaçoes

Seguidores

Miau

Get the Maukie - the virtual cat widget and many other great free widgets at Widgetbox!

Passaram por aqui

Créditos

Template: Meiroca.com
Foto: Silvia Perutti