segunda-feira, dezembro 23, 2013

PostHeaderIcon Filosofando









Quem não simpatiza comigo não precisa disfarçar e nem sorrir amarelo. Apenas me respeite, seja educado e fique distante de mim. Muitos quilômetros, por favor.
Outra coisa, só vou onde sei que sou bem recebida. Não tenho mais tempo para desperdiçar com pessoas falsas e hipócritas.
Dito isso, já posso desfrutar de minha festa de Natal. Nesse ano terei chester, peru, tender, maionese, saladas variadas, doces de diversas procedências, bebida de boa origem e companhia fenomenal.
Nada de sapos ou micos.
O sorriso será verdadeiro, a alegria será genuína e tenho certeza absoluta que estarei perto de pessoas que me apreciam, apesar de eu ser chata, implicante e por aí afora. Pessoas que me amam pelo simples fato de eu existir.
Por que tanta certeza? Por que, depois de muitos anos, estarei com os de meu sangue e isso faz toda a diferença.
Será que eu já disse que irmão é o que há de importante na nossa vida? Irmão é assim, briga, discute, se abraça, se beija; volta a brigar, por besteira; tem ciume, um protege o outro; um ajuda ao outro; esquece de telefonar, deixa passar batido uma data, mas, quando se encontram, nada disso tem importância. 
O que vale é o abraço apertado, a cumplicidade do olhar, o silêncio que fala alto, e o carinho, a origem comum. 
O que vale e o que fica é o olho no olho; as brincadeiras sinceras; o carinho constante que nem sempre é expressado efusivamente.
Um de meus irmãos se foi no ano passado e morro de saudade dele. Esse Natal será comemorado com o meu irmão que restou e sua família especial.
Claro, o Aniversariante estará comigo, do meu lado e receberá o presente dele.
Tenho a mais sincera convicção que meu Natal será muito bom e faz anos que não sei o que é isso.
Obrigada inspiração. Obrigada aos meus anjos e protetores. Obrigada meu Deus.

Feliz Natal para todos.

Elza

quinta-feira, dezembro 05, 2013

PostHeaderIcon Saudade

De fato, acho que o que venho sentindo é saudade. Para ser sincera, esse sentimento é confuso na minha existência. O que posso afirmar é que desde ontem meu irmão está pertinho de mim e as lágrimas escorrem com abundância.
Ontem eu passei ao lado do prédio em que morava e daí para diante ele está ao meu lado.
Eu amo demais esse irmãozão que se foi no ano passado.
Falo sempre nele e nas coisas dele, nas manias dele. Ontem eu contei o quanto ele sofria com o calor e que, certa vez, ao chegar numa Vara do Trabalho para fazer audiência, suava tanto, mas tanto, que o Juiz o convidou a sentar-se e não deixou que ele colocasse o paletó. Teve receio que meu irmão tivesse um mal estar sério. Aguardou meu irmão se recompor e depois, iniciou a audiência. Poucos tem essa sensibilidade.
Sinto falta de meu irmão. Sinto falta de falar com ele, trocar idéias com ele; contar minhas vantagens para ele por causa de algum processo...
Beto, amo você demais da conta.
Sei que sou amada por ele, também.
Não tenho um túmulo para levar flores ou me sentar por perto e conversar, como se lá ele estivesse. Foi cremado.
Tenho expectativa de revê-lo quando eu partir dessa vida e quero receber aquele abraço querido de meu Pai e dele, outra vez.
Elza

Thelma Louise

Thelma Louise
Minha gatinha querida

Pesquisar este blog

Perfil

Elza Maria sempre em busca de respostas. Paradoxal, curiosa, inteligente, crítica, observadora, sentimental, habilidosa, amorosa, sensível, disciplinada e um montão de outras coisas. Ser humano normal, comum, mediano, mas que gosta de escrever e está no quarto blog.

Arquivo do blog

Atualizaçoes

Seguidores

Miau

Get the Maukie - the virtual cat widget and many other great free widgets at Widgetbox!

Passaram por aqui

Créditos

Template: Meiroca.com
Foto: Silvia Perutti