domingo, maio 26, 2013

PostHeaderIcon Domingo

Na maior preguiça do mundo saí da cama hoje, às 9h. Por mim estaria deitada até agora. Tomei o desjejum e fui para a feira.
Feira é um negócio à parte na minha vida. Adoro ir à uma dessas com todos aqueles legumes, folhagens, frutas, queijos, peixes, frangos e o que mais se pensar expostos nas bancas bem montadas.
Adoro a gritaria dos vendedores.
Adoro quendo um desconhecido me oferece um pedaço de fruta e me chama de menina.
Comprei o que estava na listinha, pois, sou exagerada e ainda tenho frutas da semana passada aqui.
Passei na banca de ovos e amarrei um papinho com a mulher que me serve. Semana passada ela fez uma festinha para a neta e tratei de perguntar como foi.
Na banca de frutas todos perguntam por meu marido, pois, antes de adoecer era ele quem fazia a feira.
Vi os tomates holandeses que amo de paixão. Tratei de comprar uma bandejinha. Pequeninos, devem estar muito doces.
Na banca de queijos a Judite estava de bom humor e veio conversar coigo. Quer saber do meu marido. Ela ficou viuva faz uns 2 anos. O Guiseppe teve o fígado transplantado e não resistiu. Uma tristeza.
A banca de peixe estava lotada, mas consegui boas postas de cação, para atender ao pedido do meu doentinho.
Deixei as compras em casa e saí com o Baltazar. Andamos bastante, mas, por mim, sem parar, eu teria andado o dobro. Muita necessidade de gastar energia. Ele para em todos os postes, todos os matinhos e não pode ver um cachorro que já me puxa para dar a cheiradinha básica.
Voltamos para casa e guardei as compras.
Cadê as mixiricas? Eu sei que é mexirica, mas não gosto da forma correta. Voltei à feira e encontrei duas amigas queridas. Conversamos um pouquinho, peguei minhas mixiricas e retornei, desesperada para me sentar num lugar e ficar por horas a nada fazer.
Marido saiu do banho e fiz os curativos nas pernas dele.
Ele pediu comida no restaurante Vecchia Roma.
Já comemos, já dei ordem na cozinha e cá estou, a escrever tontices, para recomeçar a usar meu blog querido.
Vou tirar minha soneca, agora. Fui.
Elza

2 comentários:

Ed Wood disse...

Oi, Tia Elza! Olha eu aqui. O super beagle que não está conseguindo que seu secretário, o JF, volte a trabalhar e digitar as blogagens que eu vou ditando. Acho que vou dar umas mordidas nos calcanhares dele para que ele volte a trabalhar.
Mas... Tia Elza! A senhora foi à feira sem o Baltazar e só depois é que saiu com ele? É que a senhora comeu pastel sozinha, né não?
Um auaubração prá senhora, pro meu compadre Baltazar, pra Thelma Louise. E pro titio que eu espero que sare logo.

Blog do Beagle disse...

Olá, meu querido. Saudade docê, sabia? Inxirido vc, eu não como pastel na feira não! Engorda e o óleo fica com cheiro ruim... Saí com o Balt lá pelas 11h e andamos bastante. Permito-me sugerir que vc dê umas belas lambidas no JF e quem sabe assim ele resolva voltar ao trabalho. Lambidas para vc da Thelma, do Balt e minhas.

Thelma Louise

Thelma Louise
Minha gatinha querida

Pesquisar este blog

Perfil

Elza Maria sempre em busca de respostas. Paradoxal, curiosa, inteligente, crítica, observadora, sentimental, habilidosa, amorosa, sensível, disciplinada e um montão de outras coisas. Ser humano normal, comum, mediano, mas que gosta de escrever e está no quarto blog.

Arquivo do blog

Atualizaçoes

Seguidores

Miau

Get the Maukie - the virtual cat widget and many other great free widgets at Widgetbox!

Passaram por aqui

Créditos

Template: Meiroca.com
Foto: Silvia Perutti