segunda-feira, junho 21, 2010

PostHeaderIcon Surpresas



Quinta-feira à noite:

- Beeeeeeeeemmmmm, viajo amanhã cedinho e devo voltar no sábado à noite, no último vôo, ou então, no domingo cedo.

E assim, preparei-me para um final de semana tranquilo e muitos passeios com o Baltazar, quando o telefone toca, por volta do meio dia de sábado:

- Beeeeeeeeeemmmmm, estou no aeroporto. Já encerrei o treinamento e saio no primeiro vôo que tiver. O que tem para comer?

Ora, bolas!!! Não tinha nada para comer porque eu fizera aquela conhecida catança na geladeira para não precisar cozinhar. Ele disse que voltaria de noite!!!

Fui ao mercado e comprei macarrão integral, mussarela de búfalo e manjericão, pois, tinha tomates de sobra em casa. Ele adora macarrão e meu trabalho seria de cozinhar a massa. O resto vai frio e cru...

Ele chegou às 16:30h, morrendo de fome e não quis o macarrão!!!

Achou um filezinho temperado na geladeira e o fritou. Comeu com salada e, na mesma hora:

- Vamos jantar fora, hoje?

E lá fomos nós, arrumados e perfumados para um belo restaurante italiano. Tomamos vinho e comemos muito bem. Ele estava de excelente humor e nos divertimos. Rimos de coisas bobas porque ambos ficaram alegrinhos com o vinho. Jantar delicioso e tranquilo.

Na saída, a surpresa da noite: o carro não pegou. Foi empurrado para dar sinal de vida. Sentença condenatória:

- Beeeemmmm, vc precisa trocar a bateria desse carro na segunda feira, sem falta.

Como se não bastassem todas as obrigações a serem cumpridas, apareceu mais uma, e daquelas que eu odeio! Detesto ir à oficina mecânica. Detesto ter que ver a tampa do motor aberta e as entranhas do carro expostas. Detesto me sentir idiota nas mãos desses mexedores de carros que pensam que porque sou mulher sou burra... Sou ignorante confessa, mas burra?!?

- Dona, seu carro está com o alternador perfeito e passando carga. A bateria está velhina e não segura. Vamos trocar?

- Claro que sim, respondi, educadamente.
Pensei comigo: Não, Pedro Bó, eu vim aqui para comprar livros de direito em grego arcaico!!!

Acompanhei o serviço e vi quando o jovem tirou a bateria da embalagem, retirou a velha do carro e colocou a nova. Vi quando ele prendeu todos os cabos. Testei o carro que pegou, ficou ótimo e fui ao caixa.

Paguei, peguei a garantia e dei na partida. O carro ficou mortinho da silva. Nem tec a chave fez! Nem o painel acendeu. Nada!

- Moço, tem alguma coisa errada, aqui!

Todos os funcionários vieram me acudir. Um deles me disse que fui premiada, pois 1% das baterias vem com defeito e a que fora instalada no meu carro era ela! Foi testada no meu carro e mostrou que não funcionava, mas, meu carro pegou com ela minutos antes!!!! Como é possivel???

O grupo, eficazmente, colocou outra bateria no meu veículo.

Estranhei o fato de ela já estar desembalada, mas estava limpinha, brilhante. Os pontos de contato sem marcas ou riscos.

Tenho pavor de questionar e ouvir as barbaridades que só esses sujeitos são capazes de dizer em resposta, de modo que vim para casa.

Liguei para o mecânico vir buscar o possante para arrumar as borrachas da suspensão e contei o que aconteceu.

- Nunca ouvi falar nisso!

Telefonei para o marido e contei o fato:

- Nunca ouvi falar nisso!

Pronto, e agora? Será que devo ir lá e questionar? Será que devo ligar para o fabricante e conversar a respeito?

Canso de dizer que mulher deve dirigir carros e jamais dar assistência, levá-los ao mecânico ou eletricista ... Nós somos ótimas para conhecer caminhos e desviar de buracos, mas péssimas diante da imbecilidade alheia.

Bjs. Elza

7 comentários:

Anunciação disse...

Tem toda a razão.Eita povo que irrita.Graças a Deus,depois que compramos carro o Diego sempre é que resolve essas coisas.

Milton T disse...

Acho que ninguém gosta de mecânicos, mas conheço um que é honesto e se nega a fazer serviços desnecessários. O carro está na garantia e deixei para fazer alinhamento fora da concessionária e ele me disse que não era necessário fazer esse serviço

bj

Ana disse...

Me solidarizo com cada palavra!

(Adorei a descrição do jantar!)

Blog do Beagle disse...

Anunci, me empresta o Diego de vez em quando? Bjs.

Miltinho, mecânico honesto! Vc encontrou uma raridade. Parabéns! Bj.

Ana, somos parecidas numa porção de coisas, não é? Bj.

Aninha Pontes disse...

Enquanto lia, me senti assim, totalmente ignorante. E fiquei com raiva do mecânico.
Beijos

Rosamaria disse...

Eu gostei da parte do jantar. Ainda bem que aqui quem vai pro mecânico é o marido, pelo menos isso esta responsabilidade ele ainda não passou pra mim.
Bjim, bom findi, cosquirídia.

Meire disse...

tb odeio ter que ir a mecanico, mas se vou eu questiono, mesmo eles tentando me fazer de boba eu questiono.
bjs

Thelma Louise

Thelma Louise
Minha gatinha querida

Pesquisar este blog

Perfil

Elza Maria sempre em busca de respostas. Paradoxal, curiosa, inteligente, crítica, observadora, sentimental, habilidosa, amorosa, sensível, disciplinada e um montão de outras coisas. Ser humano normal, comum, mediano, mas que gosta de escrever e está no quarto blog.

Arquivo do blog

Atualizaçoes

Seguidores

Miau

Get the Maukie - the virtual cat widget and many other great free widgets at Widgetbox!

Passaram por aqui

Créditos

Template: Meiroca.com
Foto: Silvia Perutti