sexta-feira, novembro 30, 2007

PostHeaderIcon Natal antecipado


Meu irmão saiu do hospital. Está em casa e recupera-se muito bem. Está consciente que jamais voltará a fumar. Jantei com ele ontem.

Depois de alguns anos sem comunicação, ontem, falei com minha sobrinha. Acho que o malentendido se desfez. Só de contar me emociono.

Maridão chegará hoje para o final de semana.

Baltazar é alergico e está medicado. Ele se coça sem parar e por isso, criou falhas no pelo. Formou pequenas feridinhas na pele. Vet trocou a ração dele.

Thelma está tem soltado muito pelo e preciso trocar a ração dela. Está medicada, também.

Finalmente consegui a liberação do alvará de venda do aptº...

A psoríase das minhas mãos manifestou-se mais uma vez, dessa, sem intervalo da última aparição, e meus dedos estão muito feios. As unhas estão quebradiças e sem brilho. Todos os sentimentos explodem pelas minhas mãos.

Quero um pouco de tranquilidade. Preciso descer dessa gangorra emocional.


Todas as historias sobre essa separação familiar, ou parte delas, estão AQUI, para quem se interessar.

Bjkª. Elza
quinta-feira, novembro 29, 2007

PostHeaderIcon Oração

Agradeço pela oportunidade que me foi oferecida de participar da oração pela cura na Comunidade Shalom.
Agradeço pela acolhida dessa não judia naquela Sinagoga.
Agradeço o carinho de todos que presenciaram minha emoção.
Agradeço pela oportunidade de entrar em contato com o Ente Maior, de forma tão simples, fácil, alegre e espontânea.

Orar é uma benção e para mim não importa o credo, o rito ou mesmo o idioma.

Para mim, o que vale é a conexão e a paz dela advinda.

Bjkª. Elza
segunda-feira, novembro 26, 2007

PostHeaderIcon Juizes

Advogados costumam dizer que há juízes que pensam que são deuses e juízes que tem certeza...


Muitos juízes acham que, porque tem o poder de decisão sobre seus jurisdicionados e somente sobre eles, vestem uma couraça de invecíveis, infalíveis e por aí afora. Saem dizendo besteiras como aquele lá de Minas Gerais que julgou a Lei Maria da Penha inconstitucional, ou essa outra, lá da Paraíba que declarou na sentença proferida em processo trabalhista:

" A liberdade de decisão e a consciência interior situam o juiz dentro do mundo em um lugar especial que o converte em um ser absoluto e incomparavelmente superior a qualquer outro ser material."

Posso com cabotinismo maior?

Juiz não passa de funcionário público de carreira que deve dizer do direito nos casos que lhe são distribuídos e só!

A grande maioria deles se fosse tentar advogar não passaria de advogado pleno, mesmo depois de anos e anos de carreira, pois, não tem ousadia, criatividade e nem combatividade.

Claro que louvo as exceções e me curvo ante a sapiência de alguns poucos magistrados, mas, de modo geral o que está grassando pelo País é a imbecilidade, como as duas acima apontadas.

O juiz de Minas Gerais não poderia declarar a inconstitucionalidade da Lei por falta de competência do Foro e, ao proferir tamanha barbararidade e outras que omiti, na sentença, demonstrou que se trata de um coitado que não pode ver um "rabo de saia" ou um tornozelo que fica excitado e perde as estribeiras. Falta-lhe compustura e tranquilidade para exercer as atividades inerentes ao cargo. O pior é que coloca a culpa de seu desassossego nas mulheres. Nós é que somos coisas do demo!

No caso da juíza da Paraíba houve demonstração de incapacidade técnica e de arrogância. Colocar-se na posição de superioridade a qualquer outro ser material chega às raias da infantilidade, sem falar na presunção!

Aliás, juiz do trabalho costuma atribuir-se poderes e competências tão absurdos que merecem posts especiais, tantas são as histórias.
Quando eu era menina ouvia os mais velhos dizerem que o juiz era a figura mais importante da cidade porque tinha o poder de decidir e, por ser jovem e imatura, acreditei.
Tempos depois, algum iluminado me disse que, se esse presunçoso não tivesse tido uma professora a lhe ensinar as primeiras letras, jamais seria magistrado.
Foi assim que aprendi que o ser mais importante é o professor que ensina a ler e não tem juiz no mundo, com todas as garantias constitucionais, que possa mudar minha opinião, especialmente quando se coloca no mesmo nível dos deuses.
Bjkª da Elza
domingo, novembro 25, 2007

PostHeaderIcon Personagens de filmes

Parece que depois do Mickey ser rato é o "must".
Vira e mexe aparece filmes "glamourizando" ratos e o último que assisti foi Ratatouille ou coisa bem parecida.
Estou com nojo de comida francesa.
Já pensou? Entrar num restaurante cujo cozinheiro é um ser nojento que vive nos bueiros e calçadas?
Já sentiu o drama de comer comida feita por ratos que nem sequer se higienizaram para mexer nas panelas?
Ouvi falar que tem mais um filme enaltecendo a simpatia e os bons sentimentos de ratos, mas não sei o nome e nem a história.
Por que será que os redatores escolhem um bicho sujo e imundo para colocar sentimentos humanos? Somos humanos ou ratos?

Bjkª. Elza
sexta-feira, novembro 23, 2007

PostHeaderIcon Telefone Celular

Desconheço a orientação pelo mundo afora, mas aqui em São Paulo é proibido fumar e usar celular nos postos de gasolina. O celular deve ser desligado enquanto a bomba está funcionando para segurança de todos.

No início dessa semana um posto explodiu porque o frentista fez uso do celular enquanto a gasolina era descarregada no tanque do sub solo. Esse frentista morreu em decorrência das queimaduras pelo corpo.

Ontem à tarde precisei abastecer meu carro e parei num posto Shell da Av. Sumaré.
Estacionou na bomba, em frente ao meu carro, uma senhorita, com o celulito ao ouvido, rindo como ela só. Os dois veículos sendo abastecidos e ela, irresponsável e feliz, a tagarelar ...

Os frentistas não disseram nada para não espantar a fregueza, mas eu não sou frentista. Desci do meu carro e cheguei na janela dela e:


- Por favor, desligue esse telefone para MINHA segurança. Explodiu um posto aqui pertinho por causa de telefone celular e não quero aborrecimentos. Desligue o telefone, vamos!


ELA DESLIGOU E NÃO CRIOU PROBLEMAS.

Tenho convicção que me chamou de velha idiota e por aí afora, mas eu fiz o meu papel.

Noutro dia, enquanto eu esperava hora para entrar na UTI e visitar meu irmão, observei uma mulher em longa e vazia conversa ao tal do celular, na sala de espera. Defronte dela, um cartaz: PROIBIDO CELULAR.

Aquele comportamento estava me incomodando, mas não falei nada, na hora. Após a visita, meu outro irmão foi sacar do telefone. Não deixei. Aproveitei e falei BEM ALTO que ali não era permitido.

A tal mulher interferiu na conversa e me disse que ali era permitido, sim. Mostrei o cartaz afixado na parede. Disse que se ela não se incomodava com o doente dela, eu me incomodava com o meu e que o celular poderia interferir nos equipamentos ...

E o tal do celular que toca dentro do elevador ? No balcão do Forum? Enquanto dirigimos? Durante a exibição de filme ou no meio de espetáculo teatral? No meio da missa ...

Sou chata? Sinto muito, mas continuarei sendo e, minha cruzada contra o uso indistriminado do celular está aí, na rua. Aceito adesões.

Bjkª da Elza
quinta-feira, novembro 22, 2007

PostHeaderIcon Dengue

Participo de forma canhestra da blogagem coletiva sobre a dengue por absoluta falta de tempo de pesquisar e depois, redigir texto original. Peço desculpas a todos, mas acredito que tenha links interessantes aqui.


Programa Nacional de Controle da Dengue

A dengue é um dos principais problemas de saúde pública no mundo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 50 a 100 milhões de pessoas se infectem anualmente, em mais de 100 países, de todos os continentes, exceto a Europa. Cerca de 550 mil doentes necessitam de hospitalização e 20 mil morrem em conseqüência da dengue.
Sintomas
Saiba mais sobre a dengue e ajude a eliminar com o mosquito
Prevenção
Previna-se do mosquito
Perguntas
Tire suas dúvidas, veja as perguntas mais frequentes
Boletim
Acesse aqui o boletim epidemiológico da dengue de 06 de setembro de 2007Acesse aqui o boletim epidemiológico da dengue de 12 de março de 2007Acesse aqui o boletim epidemiológico da dengue de dezembro de 2006
Campanha
Clique aqui e tenha acesso às peças da campanha. As peças podem ser reproduzidas livremente.
Campanha do Pan sem Dengue
Veja o folder da Campanha Pan sem Dengue, que foi elaborada especialmente para os jogos Pan-Americanos 2007, sediados pelo Rio de janeiro
Previna-se contra a dengue

Conheça aqui os principais cuidados que você deve ter para deixar sua casa e vizinhança protegidas do mosquito da dengue

Blogagem sugerida pela Meire

Em tempo: meu irmão está melhorando. Talvez saia do hospital em 10 dias. Parece que ele entendeu o último recado: CIGARRO ... NUNCA MAIS!!!!!!!!!!


Bjkª. Elza
terça-feira, novembro 20, 2007

PostHeaderIcon Meu irmão

saiu da uti.

Está na semi intensiva e me ligou há 10 minutos.

Estou chorando de alegria.

Deus seja louvado! Glória ao Pai!

Agradeço a todos pelo apoio e consideração.

Trata-se de meu irmão mais velho, que está com 60 anos. Um homão enorme de alto e muito bonito. Inteligente, perspicaz e muuuuuuuuuuuuuito querido. Já enfrentamos muitos aborrecimentos juntos e de um para outro. Nós nos amamos.
Certa vez um astrólogo fez nossos mapas e me disse que jamais e, em tempo algum, tinha se deparado com dois mapas tão harmônicos. Disse-me que nunca vira duas pessoas que se amam e se compreendem tanto. Fui obrigada a me separar dele, profissionalmente, mas nunca deixei de te-lo como parceiro. Nós nos respeitamos e trocamos idéias mesmo trabalhando em lugares diferentes. Quando eu começava a redigir uma peça e não podia terminar, ele terminava e ninguém conseguia dizer onde se deu a troca de autor...
Preciso dele. Eu o amo e estimo e admiro.

Bjkª da Elza

segunda-feira, novembro 19, 2007

PostHeaderIcon Desabafo

Estou muito triste.
Sem assunto.
Desanimada.

Os bichos me alegram,
Dão trabalho,
Me confortam.

Tenho medo do medo.
Perdas não existem.
Vazios são palpáveis.

Sem bjkª. Elza meu irmão continua na UTI (SP 20.11.07)
sexta-feira, novembro 16, 2007

PostHeaderIcon Susto

Meu marido é portador de CIV congênita. Para quem não sabe, CIV é o famoso "sopro" do coração que se manifesta em 30% da população mundial.

Acontece que esse sopro deixa sequelas e no caso dele, tornou a bomba mais fraca do que deveria. Em outras palavras: o coração dele não está dando conta de bombear o sangue que se acumula na entrada e os pulmões estão sofrendo pois, há infiltração de líquido. Ainda não há comprometimento da pleura ou dos alvéolos, mas, se não tratar a coisa poderá ficar muito difícil.

Marido anda cansado e sem fôlego e me pediu para levá-lo ao PS.

Passou a noite no hospital, internado. Diagnóstico final, dado por 4 cardiologistas: CIRURGIA para fechar a passagem e obter melhor qualidade de vida. Enorme cirurgia para fechar um buraquinho de 3 milímetros!!!!!!!!!!!!!

Ainda me sinto anestesiada com essa notícia.

Ele está em casa, agora. Desinchou e animou-se. Veremos o que o futuro nos preparou.

Bjkª. Elza
quarta-feira, novembro 14, 2007

PostHeaderIcon Feriados

Temos feriado do dia 15 e depois, o da consciência negra, na 3ª feira. São Paulo ficará parada quase uma semana!
Para quem é profissional liberal como eu, é o que de pior pode acontecer.
T R E S feriados num mês é o cúmulo!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Adianta reclamar?
Hoje os carros estão circulando carregados de malas. Destino? Praia, de modo geral.
Ficarei em casa, como sempre. Maridão viaja demais e quer ficar feito barata... ou feito sofá como diz minha amiga Adma.
Então, vamos orar pelo meu irmão que continua na UTI, por favor. A doença dele evolui e a capacidade respiratória diminui, todos os dias. Talvez tenha que manter traqueostomia permanente, assim como, um cilindro de oxigênio.
Ânimo, Elza Maria, ânimo!

Bjkª especial para quem me visitar.
segunda-feira, novembro 12, 2007

PostHeaderIcon PROBLEMA RESOLVIDO

Por mais incrível que possa parecer, resolvi o problema desse blog.
Alguns caracteres digitados não eram reconhecidos pelo Internet Explorer e meu santo técnico me ensinou:

Vá à barra de serviços e clique em EXIBIR.
Procure CODIFICAÇÃO
Abrindo UNICODE UTF-8, clique e pronto!!!

Adeus cifras e adeus aborrecimentos.

Todos aprenderam?

Bjkª da Elza
sexta-feira, novembro 09, 2007

PostHeaderIcon Cifras

Lamento informar, mas estou com problemas nesse espaço. Ficou tão bonito, mas não consigo ler o que posto por que aparecem cifras e sinais estranhos.

Assim, estou postando no
BLOG DO BEAGLE
que mantive no UOL. Basta clicar no link acima.

Bjkª. Elza
quinta-feira, novembro 08, 2007

PostHeaderIcon Indignação

Recebi hoje e.mail contendo o desabafo de professora que sente-se insultada com o discurso do noço prisidenti. Ela usou palavras nuas e cruas para remetê-lo ao cerne da questão. Ela mandou que ele se fo***** porque ele se diz honesto, íntegro e por aí afora.

Recebi outro e.mail contendo foto de alguma passeata em Nova Iorque e um gaiato carregava cartaz dizendo que quem lê jornal não elege esse noço prisidenti. Quem o elege usa o jornal para outros fins ... Num terceiro e.mail, alguém, muito enraivecido, disse que o Brasil sediará a Copa de 2014 porque ninguém mais pretendeu a grande honra e juntou desenho mostrando a mão de 4 dedos do noço prisidenti para compor o nº 2014 ...

Também recebi mensagem que ensina como amestrar porcos selvagens e traça paralelo com o desempenho desse governo e suas bolsas.

E-mails revoltados e azedos tem sido a tônica entre meus correspondentes habituais. Dos que tenho recebido cirei apenas alguns, pois, acredito que tenham sido muito veiculados e do conhecimento público. Muitos desses e.mail recebi de mais de uma fonte.
Além disso vemos nos jornais: jovens invadem reitoria de universidade e colocam faixa: SOB NOVA DIREÇÃO.
Desrespeito? Deboche?
Jovem mata 8 na Finlândia e se suicida ...
Jovem mata ex-namorada com 13 tiros ...
Policiais militares acusados de pertencerem ao tráfico são libertados ...
Irmão é namorado de meia-irmã e mata meio-irmão de 12 anos ...
Sou sonhadora e acho que já passou da hora de nós rejeitarmos o que não serve para nossa vida. Nós, seres humanos, estamos recebendo e aceitando toda essa violância como coisa natural. Estamos digerindo e aprendendo a conviver com o inusitado.
A guerra deveria ser situação extrema e ela tornou-se o habitual, o cotidiano. Aprendi, recentemente, com um professor:

- Você ficou indignado? Então faça alguma coisa! Faça a sua parte que já está de bom tamanho!

Bjkª. Elza
terça-feira, novembro 06, 2007

PostHeaderIcon Vamos falar sério, agora.

Chega de brincadeiras, de pensamentos avoados e de coisas desconexas.
Falemos de relações familiares.
Família é a célula mater da nossa sociedade e devemos prezá-la, curti-la, mantê-la unida. Quem não tem família sabe do que estou falando e aqueles que tem a sua grande e alegre, também.
Pois então, nessa época do ano começam os festejos e as reuniões familiares para organização da ceia de Natal e coisas assim...
Uma droga para alguns, como eu, que não tem familiares por perto. Um horror quando me lembro que não eram necessárias arrumações e divisão de tarefas para o Natal.
A ceia era em casa, ou seja, na casa de meu Pai. Reuniam-se os filhos dele, os irmãos dele, as tias dele, amigos dos filhos numa sucessão de gentes e de conversas sem compromisso. Ouvia-se música, bebia-se do bom o do melhor e o tender, magnífico, assado por minha Mãe desaparecia da mesa.
Até os cachorros participavam da festança. Latiam e reclamavam do barulho, é claro.
No dia seguinte havia sempre alguém para compartilhar os ossos e comentar a festa da noite anterior.
Meu Pai era o mestre de cerimônias. Era o agregador da família. Ele telefonava para os familiares dele e de minha Mãe. Todos moravam no interior quando eu era menina e, aos poucos, vieram para São Paulo.

Meu Pai despediu-se de nós em 1995 e de lá para cá, para mim, as festas acabaram. Minha Mãe não conseguiu segurar a família. As diferenças se tornaram mais importantes e todos se dispersaram. Nunca mais tive Natal. Ela se despediu de nós em 2005 e aí a coisa piorou de vez. Perdi todas as minhas referências familiares.
Tenho tido péssimas ceias, com muita tensão, muita gente estranha e sem compromisso, sem qualquer sentimento cristão, mas, sempre enfrentei por falta de opção.
Acredito e espero que nesse ano a coisa mude. Uma criança está fazendo a diferença. Uma criança de quase 5 anos talvez opere o milagre de me restituir um precioso bem chamado família. Um menino que jamais demonstrou qualquer interesse pela minha pessoa e até me rejeitou está me procurando e me estendeu a mão para brincarmos juntos. Trata-se do netinho do maridão.



Bjkª. Elza
segunda-feira, novembro 05, 2007

PostHeaderIcon A fila anda

O dinamismo da vida me encanta.
Hoje temos uma situação e amanhã, por qualquer evento ela muda e se transforma.
Muitas vezes uma coisa boa se transforma num horror em questão de minutos. A contrapartida também existe, é claro.
As surpresas acontecem e devemos estar preparados para as mudanças que elas nos obrigam, assim, do nada.
Estou falando sobre coisas que acontecem de fato. Falo sobre aquela espinha que aparece no rosto da noiva no dia do casamento; do pneu que fura quando estamos prontinhos para sair para a festa do ano; a queda no meio da rua que estraga a roupa produzida com cuidado para a entrevista de emprego...
Falo, também das substituições dos mais velhos pelos mais novos. Dos espaços que passam a ser disputados e depois perdidos para os menos experientes; das expressões que envelhecem e deixam de ser usadas e acabam substituídas spor outras; dos bens materiais que se tornam obsoletos...

Ouvi essa expressão " a fila anda " numa situação engraçada e não lhe dei atenção, mas, aos poucos ela foi penetrando no meu subconsciente e se instalou. Aos poucos comecei a entender a profundidade dessa simples expressão que mais parece modismo ou vicio de linguagem.

Repare no dinamismo das situações, dos amores, dos envolvimentos profissionais, do trânsito, das culturas no campo e por aí afora. Repare que as relações por mais efêmeras que possam ser são dinâmicas.

Por isso " a fila anda ", ou seja, as coisas se modificam, se transmutam, se alteram e me encantam.

O meu tempo é esse que estou vivendo agora já que, participo dos movimentos, busco informações, sou ativa e tenho paixão dentro de mim.

A fila anda e estou dando meus passos junto dela, por isso pedi para a Meiroca criar esse novo blog para mim. Na foto o meu amor de beagle, Baltazar, deitado no chão do Ibirapuera após correr e brincar muito. Fez pose para a Silvia, minha amiga fotógrafa que também tem um beagle.

Meiroca, obrigada pela criação. Obrigada pela paciência de efetuar as mudanças que pedi. Obrigada por me ensinar a usar os recursos disposnibilizados. Obrigada por e tornar esse espaço tão belo e prático.
Obrigada, finalmente, pela amizade.

Bjkª da Elza
quinta-feira, novembro 01, 2007

PostHeaderIcon Exame da OAB


O que leva alguém a se matar?


O que leva alguém a subir no 9º andar de um prédio público, cortar os pulsos e se jogar de lá ao térreo, no meio da praça onde circulam centenas de pessoas todos os dias?


Medo da vida?


Insegurança?


Decepção?


Frustração?


Hoje, um estagiário suicidou-se dentro do prédio da Justiça do Trabalho, em São Paulo. Esse prédio tem a mácula dos desvios de dinheiro e, ao mesmo tempo, possibilitou ao Claudio Tozzi um prêmio.


Hoje, manchou-se do sangue de alguém desesperado e infeliz.


Um segurança do prédio me disse que ele fora reprovado no exame da OAB.


Fico imaginando todos os sonhos frustrados; todas as esperanças consumidas; a dor da familia; a surpresa do chefe ...


Estou estarrecida e chocada com o desespero manifesto.


Bjkª. Elza
Foto do interior do prédio. Ao fundo as rampas de acesso entre os blocos A e B. a iluminação especial que não sei se ainda perdura. O que chamamos de praça é o térreo que tem diversos coqueiros imperiais, acesso para 16 elevadores, lanchonete, Banco do Brasil, Agência dos Correios e um enorme assento de concreto. NO centro da praça, hoje, está instalada uma exposição de pinturas e fotografias.

Thelma Louise

Thelma Louise
Minha gatinha querida

Pesquisar este blog

Perfil

Elza Maria sempre em busca de respostas. Paradoxal, curiosa, inteligente, crítica, observadora, sentimental, habilidosa, amorosa, sensível, disciplinada e um montão de outras coisas. Ser humano normal, comum, mediano, mas que gosta de escrever e está no quarto blog.

Arquivo do blog

Atualizaçoes

Seguidores

Miau

Get the Maukie - the virtual cat widget and many other great free widgets at Widgetbox!

Passaram por aqui

Créditos

Template: Meiroca.com
Foto: Silvia Perutti