sexta-feira, outubro 03, 2008

PostHeaderIcon TPM masculina

- Assim não dá! Já falei que vou embora de casa com meus filhos! Ele que vá gritar com a Mãe dele, com as irmãs, com as tias, mas comigo, nunca mais! Não fui criada assim!!! Por que tenho que suportar alguém que não sabe falar?

- Xiiiiiiiii, isso passa. Seja compreensiva.

- Compreensiva? Quem aguenta um homem de tpm? Grita por qualquer coisa, soca os móveis... Olhe, não admito que fale comigo no tom que ele falou. Tá cansado? Tire férias, mas não descarregue sobre minhas costas.

- Ele está estressado. Trabalha muito ...

- Que se dane! Eu também trabalho muito e cuido da casa, da empregada, do automóvel, da conta bancária; educo os filhos, visito a mãe dele ...

- Olhe, quando o meu levanta a voz para mim eu passo a conversar com o cachorro. Ele fica doido!

- Eu não! Quando ele levanta a voz me faço de surda e olho para ele como se fosse uma porta.Ele já ligou várias vezes para minha irmã para dizer que eu não tenho sangue nas veias.

- Primeiro eu derrubo a tromba, depois eu o ignoro e se não surtir efeito, eu berro mais do que ele.

- E o meu que veio de casa até aqui falando o tempo todo nos erros que o eletricista cometeu no conserto do carro!


- Já vi esse filme kakakaka o pior é que eles falam de um modo que parece que o erro foi cometido por nós e não pelo profissional que ele escolheu!

- Prá que escolher tanto? Prá que se eles são todos iguais? Só sabem falar aos berros, só sabem criticar e nos tiram o chão na hora do aperto! Ele tem falado comigo como se eu fosse menos do que peão de obra!

- Sei como é, porque, depois de um monte de grosserias, o meu ilustre me disse com a maior cara de pau: EU TRATO VOCÊ COMO A UM PRINCESA!!!!!!!!!!!!!!!!! Eu aguento????

- Ele vive arranhando o carro e se eu bater a porta com um pouco de entusiasmo vira uma fera e berra!!!!!!!!!


- Ele esqueceu tudo o que ensinei para ele nos últimos 20 anos! Está agindo como no começo do nosso casamento quando estava sob a influência da mamãe ... Eu tenho filhos e estou ensinando para os meus que não se procede dessa forma e ninguém tem que gritar com os outros.

E por aí foi o assunto das mulheres lá no salão de cabeleireiro. Todas reclamam da mesma coisa: gritos dos maridos!


Ali, tinha mulheres de diversas idades. Bastante jovens, recém-casadas; mais idosas e já com netos; mais experientes; mas a grande maioria com formação universitária, dedicam-se aos seus trabalhos e lutam pelo dinheiro, por volta dos 40 anos, com filhos adolescentes.

Uma delas chegou reclamando e incendiou o ambiente.

Um bando de desconhecidas formou um grupo de apoio e todas, sem exceção, disseram que os maridos gritam em casa. Todas reclamaram da agressão verbal e do tratamento desrespeitoso que recebem.

Fiquei ensimesmada, pois, eu também acho que tudo tem limite e que o homem não pode descarregar seus humores e seus medos e seus cansaços nas costas da parceira.

Penso que liberdade entre marido e mulher tem limite. Não é tudo que se pode dizer ao outro. Existem assuntos que precisam ser preservados, sentimentos que não podem ser expostos pois, senão, o desnudamento é tamanho que o outro passa a ser invasivo e, por desconhecer a profundidade da invasão pode causar danos irreparáveis no outro.

Todos nós devemos ter reservas, o que não significa mentir ou trapacear, mas sim, omitir e disfarçar. Ninguém deve se expor totalmente.

Bjkª. Elza

7 comentários:

Felina disse...

Elzinha passa lá no bloguinho pra ver o selo de amigo de nossos peludos, teu blog e teus bebês tb ganharam!!! beijo!

Anunciação disse...

Tem razão,Elzinha.Algo se quebra a cada embate,a cada palavra má dita sem pensar.Às vezes,não dá pra voltar atrás,aliás até dá,mas as pessoas pensam que o orgulho é mais importante que o amor,que reconhecer os próprios erros,ou tem vergonha,o que termina dando na mesma.

Anny disse...

Elza:
Muito bem dito. Assino embaixo. O meu gritava tanto que deixei-o falando sozinho. Rs!Rs!Rs!
Beijos.

Blog do Beagle disse...

Felina, tou indo... BJkª. Elza


Nunci, concordo com você e vou mais longe. Às vezes o que é dto fere fundo e não há remédio que . Elzacicatrize. A ágoa permenece e o encanto se esvai. Bjkª. Elza


Anny, ninguém merece, não é???? Bjkª

barbara disse...

é por isso que não quero mais saber de marido, agora só namoradim, hihihi

Lu Souza disse...

Cheguei ao seu blog pelo nome...é que sou dona de uma beagle encapetada que amo de paixaõ. Sobre os maridos...graças a Deus ele não grita, nem eu, as vezes até acho que devíamos praticar um pouco. As vezes o silencio dói mais que um grito...
Bjos

Blog do Beagle disse...

Barbara, faz vc muito bem. Bjkª. Elza

Lusouza, venha sempre. A porta está aberta. Faça um post sobre o silêncio, por favor. Bjkª. Elza

Thelma Louise

Thelma Louise
Minha gatinha querida

Pesquisar este blog

Perfil

Elza Maria sempre em busca de respostas. Paradoxal, curiosa, inteligente, crítica, observadora, sentimental, habilidosa, amorosa, sensível, disciplinada e um montão de outras coisas. Ser humano normal, comum, mediano, mas que gosta de escrever e está no quarto blog.

Arquivo do blog

Atualizaçoes

Seguidores

Miau

Get the Maukie - the virtual cat widget and many other great free widgets at Widgetbox!

Passaram por aqui

Créditos

Template: Meiroca.com
Foto: Silvia Perutti