quinta-feira, dezembro 04, 2008

PostHeaderIcon Está tenso? Descanse, ora!















- Você não imagina o que eu fiz hoje, me disse a amiga cachorreira, ao telefone.
- Nem imagino, mia fia. Conte.
A linha do celular caiu naquele minuto. Fiquei sem sinal porque estava dentro do shopping, embaixo de muitas toneladas de concreto. Na hora fiquei curiosa, mas acabei esquecendo, pois, andei por lá com o marido por muito tempo.
Muitas horas depois:
- Conte, agora, onde vc andou e o que fez.
- Fui para aquele motel perto da Justiça, sozinha.


A primeira vez que ouvi história semelhante foi por um amigo e cliente, muitos anos atras. Ele estava muito cansado, cheio de tudo e de todos, enfrentando todo tipo de problemas, inclusive familiares.

- Elzinha, eu comi um sanduiche na cama e deixei cair migalhas por todos os lados. Bebi uma cerveja e deixei o copo no chão e a lata suada sobre a mesa de madeira. Deitei de sapato. Tomei banho de banheira e cantei feito um louco, espalhei água pelo banheiro inteirinho. Fumei no quarto com a janela fechada. Larguei a toalha molhada sobre o colchão. Liguei a TV num programa de esportes e deixei o som bem alto. Andei pelado pelo quarto e depois dormi como um anjo! Sai de lá novinho em folha. Deixei todas as restrições que enfrento em casa limpas! Todas as tensões e preocupações ficaram na água que usei. Eu me soltei. Entrei e saí sozinho e os recepcionistas não entenderam nada.

Eu quase morri de tanto rir com a ênfase que ele dava a cada palavra. Cheguei a pensar em fazer o mesmo para sentir o prazer de não ter restrições além das paredes que me rodeariam. Ficou na vontade.

- A recepcionista me perguntou se eu estava esperando alguém. Disse que tirara o dia para relaxar e descansar, sozinha. Pedi desconto. Ela me deu 20%.

Enquanto eu ria, ela continuou:
- Menina, eu peguei os sais de banho e a espuma, joguei na banheira e liguei a hidromassagem. Fez mais de 30 centímetros de espuma e eu fiquei lá, lutando para respirar e não deixar que entrasse nos meus olhos. Controlei o tempo para não ter queda de pressão. Usei aquela água quente e forte nos pontos de dor das costas. Valeu como massagem !!! Espalhei água pelo banheiro inteirinho e até me preocupei de ela escorrer pelo quarto. Deitei na cama e liguei a TV para desligar em seguida e ouvir o silêncio. Que coisa boa! Não tive minha mãe e meu filho me chamando e me pedindo coisas. Não tive que resolver questões com o pedreiro e nem com a empregada. Desliguei os celulares depois de avisar meu chefe que eu estava com sinusite e que iria ao médico. Descansada, sem barulhos, num lugar limpo e bonito, eu me deitei e dormi. Fazia muito tempo que eu não dormia em paz, sem medicamentos e tranquila. Estou renovada!

Taí a sugestão para descansar e encontrar algumas horas de bom sono.

Bjkª. Elza

9 comentários:

Tetê disse...

Olha que a idéia é boa! Principalmente a parte da TV... eu me preocupei em ter duas TVs e mesmo assim lutamos pelo controle da do quarto! Que coisa louca! rs...rs...rs... Querida, obrigada pela visita! Agora tenho postado diariamente neste endereço que estou deixando! Bjks e bom final de semana! Tetê

Anunciação disse...

Sabe que muitas vezes,quando no meu caminho pra casa,passo por um motel,fico pensando:acho que seria um bom lugar para ir sozinha e descansar.Boa idéia.

Blog do Beagle disse...

Tetê,a idéia é boa, não é? Além disso, mexe com a imaginação. Talvez eu tente, um dia. Bom ver vc por aqui. Bjkª. Elza

Anunciação, estou ensaiando para fazer isso. Venha sempre. Bjkª. Elza

Celia disse...

kkkkkkkkkkkkkk Elzinha esse seu post foi maravilhoso mesmo. Que ideia!!!!! Acredito que as pessoas nunca pensam em relaxar dessa forma nao é mesmo??? Essa foi boa. Boa semana. Bj

Anny disse...

Elza:
Que maravilha! Amei. Acho que todo ser humano precisa de se dar um tempo deste. Muito bom. Sugestão aceita. Beijos.
Anny

Sonia H. disse...

Elzinha,
Amei a história. E quantas vezes não temos vontade de sumir para ficarmos sós. Esta sensação também foi bem representada num conto da Virgina Woolf chamada "Quarto 19", deve ser esta a tradução. É exatamente isso: uma mulher dona de casa, cansada de tudo e de todos se hospeda sozinha num quarto de hotel... e fica lendo seus livros, fumando muito.
Sua amiga está certíssima.
Beijos,

odette disse...

Elza
Raramente encontrei uma unanimidade como essa, em resposta ao que você relatou.
Beijos,
Odette.

Blog do Beagle disse...

Celia e Anny, se a moda pega, os moteis passarão a receber pessoas cansadas kakakakak Bjkª. Elza

Sonia, gostaria de ler esse conto. Deve ser o máximo! Bjkª. Elza

Odete, eu também me surpreendi! Bjkª. Elza

Ana disse...

Heheheh! História deliciosa!!


Devo confessar: nunca precisaria fazer isso... Minha casa é perfeita pra descansar. Raramente alguém me chama se fecho a porta do meu quarto. (Claro, quando meus filhos eram pequenos, eu nem fechava a tal da porta! Heheheh!)

Thelma Louise

Thelma Louise
Minha gatinha querida

Pesquisar este blog

Perfil

Elza Maria sempre em busca de respostas. Paradoxal, curiosa, inteligente, crítica, observadora, sentimental, habilidosa, amorosa, sensível, disciplinada e um montão de outras coisas. Ser humano normal, comum, mediano, mas que gosta de escrever e está no quarto blog.

Arquivo do blog

Atualizaçoes

Seguidores

Miau

Get the Maukie - the virtual cat widget and many other great free widgets at Widgetbox!

Passaram por aqui

Créditos

Template: Meiroca.com
Foto: Silvia Perutti