segunda-feira, março 30, 2009

PostHeaderIcon Rir é o único remédio

- Amiga, como vai vc? Soube que vc caiu na rua e quebrou o braço, disse eu para Anelise.
- Pois então, eu estava com a Manoela e quando vi, estava estatelada no chão com uma dor muito forte no braço. Dor tão forte que vomitei ali na rua, sentada no chão. Ninguém para me ajudar e a dor forte... chorei demais e a Mamoela passeava por perto de mim e me lambia o rosto e queria lamber o vômito...
- Dio Mio!!!!!!!!!!! O celular em casa, né? Bem guardadinho!!!
- Isso mesmo!!!!!!!!!!! Agora estou bem. Naquele dia eu consegui me levantar e vim para a casa com a Manoela. Peguei o carro e fui para o Hospital. Ganhei um belo gesso e a recomendação de me tratar em ambulatório. Marquei hora e fui. O médico ficou horrorizado porque era caso de cirurgia. Estou com dois pinos no braço! - E Você? Tudo bem? Como vc soube?
- A Helena, dona da Nikita, me contou. Não pude ligar antes porque eu caí e me machuquei. Ganhei carona num caminhão de entrega. Os dois moços foram geniais comigo, mas o motorista estava com medo do Baltazar.
- O quêeeeeee?????????? Vc também caiu? Isso é contagioso? E daí? Aposto que o celular estava em casa, também, disse-me Anelise.
A partir daí nossa conversa debandou para as gargalhadas. Quem pode falar sério depois de dois tombos de gravidades diferentes?
- Fiquei com a mão queimada e esfolada por te-la esfregado no cimento áspero da calçada, junto com o joelho e o pé, disse eu.
Rimos muito com nossas mazelas e estamos, ambas em franca recuperação.
Ninguém pensou em acionar o dono da calçada e a Prefeitura de São Paulo para receber alguma indenização pelos ferimentos e transtornos. Anelise passou por anestesia geral, um risco enorme para sua saúde. Está com dores e tem dois pinos no cotovelo. Fará fisioterapia por sabe-se lá quanto tempo e poderá ficar com o braço defeituoso.
Minhas quedas se devem ao péssimo estado dos pisos de nossas calçadas que geraram quedas sobre quedas e o elastecimento dos ligamentos dos meus pés. Não tem conserto e nem recuperação. Deixei de usar sapatos de salto faz alguns anos e ainda caio quando há qualquer desnível no solo. Minhas cicatrizes nos joelhos são feias e despigmentadas. Já quebrei o pé, o cotovelo e tive muitas luxações nos dois pés.
Quem paga por isso?
Quem é responsável por esses acidentes?
Quando é que nós vamos deixar o comodismo para exigirmos a contraprestação dos impostos que pagamos?
Até quando nós vamos aceitar ... chega de reclamar!!!!!!!!!!

Bjkª. Elza

Manuela: cadela Golden Retriver
Nikita: cadela Samoieda

4 comentários:

Tetê disse...

Não... não... minha mãe deixou de sair sozinha por causa dos buracos nas calçadas! Era sair e meu celular tocar: oi, é da loja tal. Sua mãe caiu aqui na porta, está bem, mas precisa de ajuda para voltar prá casa... Lá ia eu no chefe pedir prá sair e deixar minha mãe em casa! Ela ficou conhecida em todo o comércio! Espero que sua amiga não fique com seqüelas! Putz... Que bom que você participou da Hora de Planeta!Bjks Tetê

Meire disse...

Elzinha isso é muito serio e voce é advogada, faça valer os teus direitos de cidadao.
Te cuida,
Bjs

Odette disse...

Elzinha,
Ainda bem que o seu tombo foi sem maiores sequelas. Meu marido costumava dizer que eu era recordista de tombos no Pronto Socorro que ia. Na realidade só um teve maior gravidade. O joelho precisou ser puncionado e fiquei um bom tempinho andando de joelheira e arrastando a perna. O chato desta vez é que tinha uma viagem programada. Fui assim mesmo, andei de cadeiras de rodas nos aeroportos e fiz meus passeios, bem abreviados, arrastando a perna.Já estava na terceira idade, mas nem por isso, nunca ninguém me ajudou quando tinha alguma dificuldade com a mala de rodinhas.Mas, noves fora tudo, o acidente passou e cá estou, firme e forte. E assim a vida segue seu curso.
Fico feliz em saber que seu tombo não foi da gravidade de sua amiga.
Beijos,
Odette

Ana disse...

A Rosa Nogueira, blogueira de Pelotas que eu adoro, também teve fratura, quando caminhava pela cidade(se me lembro bem, na época em que estavam asfaltando Pelotas inteira, para desespero de algumas pessoas que queriam conservar o aspecto bonito, dos paralelepídos antigos!.

Vou transcrever o que ela contou, aqui, tá Elzinha? (Tô cheia de liberdades!)

"Quando pequena cai do balanço, cai na calçada, ralei os joelhos muitas vezes. Gostava de pular corda,brincar no frio, pular sapata, pega ladrão, esconde-esconde. Depois de adulta tive um acidente de carro que fez rever minha vida e agora cai um tombo na rua , numa escura e recém asfaltada rua meu pé se torceu em uma rampa que eu não sabia que tinha
A diferença é que a criança tem outro olhar e outro horizonte.os psicólogos explicam o sentido do tempo nas várias fases da vida. Não vou falar disso.
Vou dizer que foi trIste e muito duro sentir em um segundo a vida se escoando, a dor , o desamparo, a sinaleira prestes a abrir, a imobilidade, o tempo passando e eu sem nenhuma força em mim mesma, mas o que nos vale , e o que me valeu foi o monte de gente que me ajudou, me socorreu, emprestou sua coragem, mandou recado, telefonou, orou.

A mensagem que fica para mim é que na dor nunca se está só , pois por meio de cada pessoa senti sempre O GRANDE E IMENSO AMOR DE DEUS que nos envolve .
Sei que isto não é privilégio meu e sim que, em todas as situações , ali está o amor divino se derramando para quem quiser acolher, por isso os pensamentos de paz e oração , são tão importantes, porque são capazes de ajudar pessoas a se abrirem para receber este amor.
A todos voces que também são anjos em minha vida."

Daqui: http://escritosvariados.blogspot.com/

Espero que vcs se recuperem logo!

Thelma Louise

Thelma Louise
Minha gatinha querida

Pesquisar este blog

Perfil

Elza Maria sempre em busca de respostas. Paradoxal, curiosa, inteligente, crítica, observadora, sentimental, habilidosa, amorosa, sensível, disciplinada e um montão de outras coisas. Ser humano normal, comum, mediano, mas que gosta de escrever e está no quarto blog.

Arquivo do blog

Atualizaçoes

Seguidores

Miau

Get the Maukie - the virtual cat widget and many other great free widgets at Widgetbox!

Passaram por aqui

Créditos

Template: Meiroca.com
Foto: Silvia Perutti