domingo, abril 17, 2011

PostHeaderIcon Quando não é para ir...

Por qualquer razão que nem imagino qual seja meu anjo da guarda ou outra entidade resolveu que eu não deveria ir ao enterro de minha tia-madrinha em Itatiba. Começou na 5ª feira quando resolvi ir à noite de ônibus e ouvi meu marido para só ir no dia seguinte de madrugada. Dormi mal. Acordei às 5h e me arrumei para sair. Já combinara de ir com meu primo Dilson e sua esposa. Iria até a casa deles, guardaria meu carro na garagem, tomaria café da manhã com eles e, antes das 6 estaríamos na estrada. Numa esquina, no meio do caminho, tem uma micro praça que eu não conhecia e eu, em excesso de velocidade subi nela e acabei com o pneu dianteiro do carro. Não me machuquei, mas fiquei furiosa. Liguei para o Dilson e narrei o ocorrido e meu telefone começou a me avisar que estava com a bateria fraca. Pedi ao Dilson que ligasse para o guincho e forneci todos os números do cartão e meu CPF. Nenhum atendeu! Ele veio me ver e constatou que era só pneu, mas não pode trocar porque tem pinos nas costas. Fomos para um ponto de taxi, já que eu decidira vir para casa e daqui providenciar socorro. O motorista do taxi trocou o pneu e cheguei antes do rodizio, aqui. Liguei para o Dilson para avisar que estava bem e ele com a esposa já estavam na estrada. Tomei café da manhã, cuidei dos bichos, de novo e, resolvi pegar o carro do marido. Ele estava em Belo Horizonte, com o documento no bolso. Saí sem o documento e parei no posto para abastecer. O frentista me diz que o carro está seco de óleo. "Nem uma gota, moça! Vc não pode viajar com o carro assim...! Meu marido é cuidadoso e atento com o carro, mas como posso arriscar? Sem documento e sem óleo??? Já pensou ser barrada na estrada e o carro apreendido??? Paguei a gasolina com meu cartão do dia 12. Voltei para casa, liguei para o Dilson e contei o ocorrido. Os anjos disseram NÃO VÁ!!!!!!!!!!!!!!!!! Fiquei aborrecida, triste e sem graça, mas obedeci à ordem emanada não sei de onde e nem por quem. No dia seguinte dei pela falta do meu cartão de crédito. Foi bloqueado e até a hora do bloqueio o último gasto nele foi a gasolina. Quando é não, é não e fim de conversa!!! Minha prima é espírita e não mandará rezar missa. Farei o possível para visitar-la na 6ª feira e, no próximo sábado irei à missa na Paróquia São João de Brito e colocarei o nome da tia para receber orações. Bjs. Elza

5 comentários:

Anunciação disse...

É,Rosinha.Tem coisas que a gente não entende,mas acontece.Vou rezar pela alma de sua tia e fazer uma oração especial por você.

Elvira disse...

Oi Elza.

Realmente era para você não ter ido. Tudo indica para isso.
Sua tia irá entender pois ela sabe que seus pensamentos estavam nela o tempo todo.
Vamos fazer uma oração, por ela e pelos familiares que ficam.

Bjs.
Elvira

J.F. disse...

Oi, Elza.
Sua tia está em bom lugar e sabe que você teve intenção de ir.
Desejo muita paz para você e para sua prima.
Abração.

Magui disse...

Realmente, foi muita urucubaca.

Luciana Farias disse...

Eu acredito que não era pra você ir. Quando não é, tudo parece que se volta pra isso. Já tivemos uma conspiração dessas pra ficarmos sem carro...

Sua tia sabe que você queria ir, isso é o que importa.

Beijão, viu???

Thelma Louise

Thelma Louise
Minha gatinha querida

Pesquisar este blog

Perfil

Elza Maria sempre em busca de respostas. Paradoxal, curiosa, inteligente, crítica, observadora, sentimental, habilidosa, amorosa, sensível, disciplinada e um montão de outras coisas. Ser humano normal, comum, mediano, mas que gosta de escrever e está no quarto blog.

Arquivo do blog

Atualizaçoes

Seguidores

Miau

Get the Maukie - the virtual cat widget and many other great free widgets at Widgetbox!

Passaram por aqui

Créditos

Template: Meiroca.com
Foto: Silvia Perutti