domingo, maio 18, 2008

PostHeaderIcon Coisas de meu marido e outras considerações

- Marido, onde vc está?
- No postinho aqui perto, terminando de abastecer o carro.
- Vou até ai para lhe entregar os óculos de leitura que ficaram em cima da mesa do computador.
- Pode deixar, eu dou a volta no quarteirão.


Muitos quilômetros depois:
- Bem, esqueci de trazer o pijama. Deixei em cima da cama ...


Já em Belo Horizonte:
- Bem, sabe o que eu não trouxe? Cuecas e meias ...


Certa vez ele deixou os lençóis e a fronha aqui em casa. Improvisou por lá alguma proteção para a cama. Noutra ocasião, deixou aqui o abridor da garagem que estava no carro, porque foi no carro do companheiro de apartamento. As chaves de casa são um eterno problema!

Na mais recente viagem que fez ao sul perdeu a agenda e um blusão maravilhoso!

Antes de rirmos dele, precisamos pensar que está cansado, precisando de férias e que já não é nenhum broto. Trabalha muito, viaja demais e está querendo se aposentar, mas não pode.

Muito embora minha atividade tenha sido muito mais leve nesses últimos anos, também tenho sentido o peso dos anos nas costas.

Na verdade, não é o peso pelo peso e sim, o reflexo da passagem da vida, que gerou certo desinteresse em resolver coisas. Percebo, claramente, que o tempo mudou de sentido. A pressa acabou. Poucas coisas são, de fato, urgentes.

Os sinais que precisamos tirar o pé do acelerador começam a aparecer. A capacidade de aprender diminui; as condições físicas são mais sensíveis; a textura da pele muda; aparecem dores em locais inusitados e do nada...

Não estou deprimida ou com dó de mim mesma, mas, acho, que precisamos ceder para os mais jovens algumas tarefas.

Do meu modesto ponto de vista, temos obrigação de saber envelhecer.

Boa semana para todos. Bjkª. Elza

4 comentários:

Rosamaria disse...

Oi, Elza!
Há tempos não vinha aqui, a correria e a atrapalhação são grandes.
Vim agora lá do Roccana e adorei teu post!!!! Se me conhecesses diria que tinhas escrito pra mim.
É isso que dá saber escrever! Eu não sei, mas me encanto com quem sabe, como tu.
Bjim.

Ana disse...

Adorei teu post e linkei no Roccana!
É bom (e importante) prestar atenção nestes sinais!
Obrigada, Elzinha!

Blog do Beagle disse...

rosamaria, obrigada pelo elogio rasgado. Ando preocupada com o passar dos anos se quer saber. Descobri o peso deles faz poucos dias e ainda não me acostumei. Bjkª. Elza

ana, que bom que vc gostou. Foi um desabafo, na verdade. Obrigada pelo link. Bjkª. Elza

david santos disse...

Temos, de facto, obrigação de saber envelhecer!
Parabéns.

Thelma Louise

Thelma Louise
Minha gatinha querida

Pesquisar este blog

Perfil

Elza Maria sempre em busca de respostas. Paradoxal, curiosa, inteligente, crítica, observadora, sentimental, habilidosa, amorosa, sensível, disciplinada e um montão de outras coisas. Ser humano normal, comum, mediano, mas que gosta de escrever e está no quarto blog.

Arquivo do blog

Atualizaçoes

Seguidores

Miau

Get the Maukie - the virtual cat widget and many other great free widgets at Widgetbox!

Passaram por aqui

Créditos

Template: Meiroca.com
Foto: Silvia Perutti