terça-feira, setembro 23, 2008

PostHeaderIcon Idas e vindas

Minha ida para BH foi uma peripécia.

A Maria me fez o favor de chegar atrasada, o que nunca acontece. Chegou tão tarde que me tirou a estabilidade. Imagine que eu deveria sair de casa às 9:45 para a rodoviária e a Maria chegou às 9:30h !!!!!!

Enquanto eu a esperava tratei de desmarcar minha passagem, solicitar vaga para o Baltazar no hotel, falar com minha amiga cachorreira para visitar a Thelma à noite e tourear o marido que ligava de 10 em 10 minutos!!!!!!!!!!!!!!!
No meio dessa faina, eu precisei cozinhar para o meu ilustre cachorro que não come ração!
Quando ela chegou, com os dois filhos, eu já desmarcara o taxi que os levaria até a casa dela, também!

Precisei desarmar todo o circo porque a bonitinha atrasou!

O pior é que eu não consegui passagem para o ônibus das 14 horas e me recusei a sair de São Paulo muito mais tarde para chegar em BH depois da meia noite.

Conclusão: telefonei para a Varig e lá fui eu de asa dura!

O fim de semana foi muito bom. Sem os bichos para cuidar e alimentar nós saímos no sábado pela manhã e só voltamos ao apartamento à noite, despreocupados e felizes. Comprei o presente do neto recém nascido de minha amiga Marli, assisti a um filme horroroso e comemos muito bem.

No domingo a coisa não foi tão fácil. Saimos de BH para Macacos, ali pertinho. Lugar lindo e maravilhoso, cheio de pousadas e restaurantes. Pitoresco e me pareceu Campos de Jordão logo no início, com ruas estreitas e muita vegetação.

Paramos num restaurante chamado Italiana. O marido queria comer a massa dominical e escolhemos fetuccini a bolognesa. Pedimos uma cerveja e bolinhos de bacalhau.

Tomamos a cerveja e comemos os bolinhos e continuamos a esperar pela comida. Um trio sentou-se na mesa ao lado, pediu a comida, comeu e foi embora e nós, continuamos a esperar.

Após uma hora e quarenta minutos de nossa chegada pedimos a conta e fomos embora, com fome! Quando estávamos pagando a conta a cozinha anunciou o nosso prato, mas não dava para comer. Nós estavamos digerindo a fome. Os sucos estomacais liberados pelo aperitivo e pela expectativa de comida enjoavam meu estômago ... Um fiasco!

Claro que reclamamos e claro que os paulistas soltaram o verbo, mas duvido que a coisa por lá mude. Faltou profissionalismo aos atendentes do restaurante, desde ao garçon horroroso, frio e com técnica primitiva até à gerente, muito simpatica e agradável mas que nada entende do dinamismo do serviço. O dono ... ah ... o dono ... apareceu para dar o troco da cerveja e ficou mais perdido do que cachorro que cai do caminhão de mudança.

Claro que fomos para outro lugar e comemos massa. Valeu!

O avião saiu no horário, sem um minuto de atraso, mas orbitei 20 minutos sobre São Paulo para pousar. Enfrentei fila de mais de 150m para tomar um taxi.

Meu coração estava apertado já que esperava meus companheiros de solidão na segunda feira.
Maria se fez surpresa e os trouxe para casa no domingo e quando cheguei as luzes estavam acesas e eles me esperando. Cada um a seu modo fez festa e demonstrou amor.
Nós três fizemos muita farra antes de dormir!

Desde ontem estou correndo com meu serviço, mas muito tranquila e feliz.

Bjkª. Elza

4 comentários:

barbara disse...

:)

Anny disse...

Oi Elza:
Faz tempo que não comento aqui. Estava com o Laptop estragado. Agora esta ótimo e aqui estou eu.
Pois é, nossas vidas são entremeadas de acontecimentos que, melhor dar risadas com elas, não é mesmo?
Adoro ler suas histórias. Minha confusão atual é com uma gatinha adotada. Rs!
Beijos.

Felina disse...

Oi Elza vou pesquisar se aqui em Salvador tem alguém que indique homeopatia para animais, a vet dela tá achando que pode ser que ela seja alérgica, já pensou tadinha ter q tomar remédio pro resto da vida? e o estress de dar o remédio?
Bom final de semana e obrigada pela dica!

Sonia H. disse...

Elza,
Que bom que vocês acabaram aproveitando a noite.
Às vezes parece que tudo embola...
Imagino a alegria dos teus companheiros caninos quando você chegou! :-)
Tenha uma ótima semana!
Beijocas,

Thelma Louise

Thelma Louise
Minha gatinha querida

Pesquisar este blog

Perfil

Elza Maria sempre em busca de respostas. Paradoxal, curiosa, inteligente, crítica, observadora, sentimental, habilidosa, amorosa, sensível, disciplinada e um montão de outras coisas. Ser humano normal, comum, mediano, mas que gosta de escrever e está no quarto blog.

Arquivo do blog

Atualizaçoes

Seguidores

Miau

Get the Maukie - the virtual cat widget and many other great free widgets at Widgetbox!

Passaram por aqui

Créditos

Template: Meiroca.com
Foto: Silvia Perutti