domingo, setembro 14, 2008

PostHeaderIcon Noivas

Casamento é coisa séria e noiva ... um caso à parte.

Já vi noivas maravilhosas, muito bem vestidas em seus corpos quase adolescentes. Arranjos de cabeça dos mais variados formatos, desde uma touca pequena e amarrada no queixo à moda das camponesas, até veus longos e bordados.

Noiva de saia branca e corpete azul marinho, maravilhosa, foi uma sobrinha do maridão.

Noiva de bordô com arranjo branco na cabeça, triste e mau executada a idéia deixou a todos constrangidos.

Noiva grávida exibindo barrigão já vi diversas, desde a minha juventude até hoje. Hoje é moda ...

Vestidos tomara que caia aos montes, a ponto de uma delas tomar pito do padre. Ele exigiu que ela cobrisse os ombros com uma toalha cedida pela sacristia kakakaka na Igreja Nossa Senhora do Brasil, aqui em São Paulo. Todas as madrinhas receberam toalhas, também kakakakak O padre disse que elas estavam prontas para um baile e não para a cerimônia religiosa que teria início.

Já vi noivas muito simples e belas; noivas empetecadas mais parecendo grandes merengues com seus vestidões cheios de babados e bordados; algumas de azul claro; muitas de bege e apenas uma sem qualquer arranjo na cabeça.

Os cabelos são assunto especial. Ou recebem arranjo simples e delicado para enfeitar a noiva, ou, os cabeleireiros se esmeram em construir penteados incríveis, com cachos e mais cachos caindo pelo rosto, coques e mais coques imensos para segurar véus e tiaras, numa profusão de mau gosto de dar dó.

Tudo isso foi dito para avivar a memória de cada um a respeito das belas noivas que já viu. É mais fácil lembrar-se das feias e ridículas, mas todos nós já vimos casamentos de bom gosto e bem montados.

Na mesma semana se casaram a atriz Juliana Paes e a cantora Sandy e não gostei de nenhuma delas.

Juliana Paes faz o tipo mulherão, gostosona e exuberante. Vestiu-se de acordo com o tipo que escolheu. Grande decote, alguns babados e muita cintura marcada. Ouvi dizer que seus patrocinadores providenciaram tudo e que nem a roupa foi do gosto dela.

Sandy faz o gênero menininha ingênua e tola. Do meu poso de vista, mostrou ser assim, ingênua e tola. Para o meu gosto ela estava feia. Poderia ter usado algo mais leve e suave. Até o arranjo de cabeça estava em desacordo com a imagem que ela vende. O vestido foi de gosto duvidoso e ainda não entendi aquelas ombreiras para disfarçar o tomara que caia...

No passado, alguém falou para as mulheres que elas seriam felizes casadas e tendo seus filhos e cuidando deles e do marido. As tolinhas acreditaram e passaram essa idéia estúpida para suas filhas que, por sua vez a transmitiram para as suas e... até hoje, as mulheres querem se transformar em princesas na hora do casamento e criam espetáculos nem sempre de bom gosto.

Como eu não acredito que a felicidade me seja dada por outra pessoa, não aceito essa postura das mulheres de forma geral. Mulheres inteligentes, donas de si, profissionais de respeito e que sabem lidar com a vida e com o dinheiro que ganham, na hora de casar caem nessa balela ...

Meu comentário não olha idade, classe social ou escolaridade das noivas que criam espetáculos para entrar na igreja. Muitas delas nem sabem que a cerimônia religiosa se chama matrimônio e que tem fundo espiritual. Muitas delas só fizeram a primeira comunhão e nunca mais foram à igreja e nem sabem o porquê dos votos que professam.

Por ocasião do casamento do principe Charles com Lady Di muitas reportagem e matérias foram publicadas sobre o tema matrimônio e, naquela ocasião, eu li que cada pedacinho da roupa da noiva tem seu significado, como a cauda, o véu, o arranjo de mão, as mangas do vestido e assim por diante.

Cultura inútil?

Simbologia fora de moda?

De fato eu não sei, mas, bom senso e menos romantismo poderiam ajudar a construir melhores e mais sólidas relações afetivas e matrimoniais.

Bjkª. Elza

8 comentários:

Ana disse...

Eu gosto do ritual...
Me emociona! Acho lindo, especial...

Barbara disse...

Muito bom Elzinha! Concordo!

Blog do Beagle disse...

Ana, o ritual é o que há de belo. Adoro cerimônias religiosas. Adoro matrimônios, desde que haja sinceridade e não teatro. Bjkª. Elza

Barbara, estou com saudade. Bjkª. Elza

Felina disse...

eu acho um absurdo quem nunca pôs os pés numa igreja casar no religioso, nem sabem o siginificado do ritual, querem apenas pq querem, pq td mundo casa.
Eu sempre aprendi com minha mãe que minha felicidade depende apenas de mim, por isso nunca pensei que casamento fosse o que iria me realizar como pessoa, pq td depende apenas de mim e de mais ninguém.

Ludi Botelho! disse...

olá qurida...

adorei seu blog...

noivas aff...

bjoo

me visita hen...

Blog do Beagle disse...

Felina, nossa educação foi parecida. Bjkª. Elza

Ludi, volte quando quiser. Bjkª. Elza

Anunciação disse...

(suspiro)Eu me contentaria com uma cerimônia simples,com um vestido simples...

Blog do Beagle disse...

Nunci, foi assim que eu me casei: só no civil, no apartamento dos meus pais, 40 convidados ... coisa simples demais. Meu vestido só não foi mais simples porque a dona da loja colocou uma fieira de pérolas contornando a gola do blaser e outra no decote careca do vestido. Quando eu aprender a digitalizar fotos coloridas publico para vc ver. Bjkª. Elza

Thelma Louise

Thelma Louise
Minha gatinha querida

Pesquisar este blog

Perfil

Elza Maria sempre em busca de respostas. Paradoxal, curiosa, inteligente, crítica, observadora, sentimental, habilidosa, amorosa, sensível, disciplinada e um montão de outras coisas. Ser humano normal, comum, mediano, mas que gosta de escrever e está no quarto blog.

Arquivo do blog

Atualizaçoes

Seguidores

Miau

Get the Maukie - the virtual cat widget and many other great free widgets at Widgetbox!

Passaram por aqui

Créditos

Template: Meiroca.com
Foto: Silvia Perutti