quarta-feira, abril 15, 2009

PostHeaderIcon Prazer




Mais uma vez me inscrevi no Tertulia Virtual e apresento um ponto de vista sobre o prazer.



Houassis
prazer
Datação1152 cf. JM3Acepções■ verbo transitivo indireto, intransitivo e pronominal 1 m.q. aprazer ■ substantivo masculino (sXIII) 2 sensação ou emoção agradável, ligada à satisfação de uma tendência, de uma necessidade, do exercício harmonioso das atividades vitais etc.; alegria, contentamento, júbilo Ex.: ria de puro p. de viver 2.1 deleite sexual 2.2 satisfação emocional Ex.: o p. do dever cumprido 3 boa vontade, agrado Ex.: recebeu-os em sua casa com p. 4 diversão frívola; distração, divertimento Ex.: buscava p. na agitação noturna da cidade 5 Rubrica: estética. no kantismo, sentimento desinteressado de satisfação diante da beleza, seja natural ou artística 6 Rubrica: filosofia. nas doutrinas morais hedonistas, o bem supremo do homem 7 Rubrica: psicologia. estado afetivo fundamental, um dos dois pólos da vida afetiva, contrapondo-se à dor Etimologialat. placèo,es,cùi ou cìtus sum,placére 'agradar, ser agradável, parecer bem, ser do agrado de'; ver praz-; f.hist. 1152 prazer, sXIII prazer, sXIII plazeria, sXIII prouge, sXIII prouguer, sXIV pragia, sXIV prouuer v., sXIII prazer, sXIV plazer subst.Sinônimosver sinonímia de talante e antonímia de desgostoAntônimosaflição, desgosto, dor, mágoa, tristeza; ver tb. sinonímia de desgostoGramáticaa respeito da conj. do verbo, ver -azer


Michaelis
prazer1pra.zer1(lat placere) vti Agradar, aprazer, comprazer: Praza a Deus que tal não aconteça. Conjugação: é verbo defectivo; só se conjuga nas terceiras pessoas: praz, prazia, prouve, prouvera, prazerá, prazeria, praza, prouvesse, prouver.
prazer2pra.zer2sm (lat placere) 1 Alegria, contentamento, júbilo. 2 Deleite, gosto, satisfação, sensação agradável. 3 Boa vontade; agrado. 4 Distração, divertimento. 5 Filos Emoção agradável que resulta da atividade satisfeita. Antôn (acepções 1 e 2): tristeza, dor, aflição. Prazeres físicos: prazeres materiais; gozo sensual.



Nossos dicionaristas são ótimos. Definem e explicam tecnicamente o prazer, mas não conseguem colocar em palavras a sensação maravilhosa de assistir ao por do sol; de encontrar o ser amado; de apreciar a receita favorita executada por quem sabe; receber as atenções do cachorro ao chegar em casa; tomar um banho depois de muitas horas guiando sob sol forte; tirar os sapatos e massegear os pés; ouvir o silêncio; ser beijado pelo neto.

Eles também não colocam em palavras a sensação de fazer pelo outro e agradar a quem se ama; de realizar o outro sexualmente; alimentar, perfumar e acarinhar; despertar talentos ...

O prazer existe tanto para quem consegue dar ao outro o que ele precisa, como para quem sabe receber do outro o que precisa para si.

Prazer pode ser leve e suave, transitório e rápido, como pode ser experiência profunda e marcante.

O que vale é senti-lo, ao menos uma vez, em cada um dos setores de nossa existência.

Bjkª. Elza

11 comentários:

Eduardo P.L disse...

Obrigado por participar desta Tertúlia! Pelo visto sua postagem foi tarde da quinta feira! Muitos aqui vieram e não encontraram seu PRAZER postado! Ou não tera sidio esse o motivo de tão poucos comentários?

Bjs e dia 15 teremos outra Tertúlia! Poste na primeira hora!

Anny disse...

Elzinha:
Parabéns pelo texto.
Você conseguiu resumir em pocas palavraa o que é prazer.
Muito bom! Adorei.
Beijos.
Anny.

Eduardo Santos disse...

Olá amiga tertuliana. Claro que os autores dos dicionários apenas nos dão significados, pois os sentimentos é cada um de nós que os domina, quando domina. Somos os autores do nosso próprio prazer, do que sentimos e vivemos e só nós sabemos porquê e para quê. É a lei da vida e temos que tirar o proveito dela, segundo o que desejamos ou podemos. Foi mesmo um prazer passar pelo seu cantinho, tudo de bom.

Blog do Beagle disse...

Euardo, será que é o horário da postagem que leva a poucos leitores? Veremos. Obrigada pela visita. Elza

Anny, tentei ser simples e parece que consegui. Valeu, amiga. Bjkª. Elza

Eduardo, obrigada pelo comentário. Volte quando quiser. Elza

Mírian Mondon disse...

Oi Elza,
Não sei como não vi voce na Tertulia de ambas participamos. Será que vim aqui e que ainda nao havia postado como disse o Eduardo?

Nao sei, mas valeu a pena ler sua postagem tao agradavel. Voce deu deliciosos exemplos de prazer, e ouvir o silencio é o mais inusitado.
Muito bom!

Abraços

Blog do Beagle disse...

Olá, Mirian. seja bem vinda. O bom é que vc veio conhecer meu canto e meus prazeres. Eu adoro o silêncio profundo! Bjkª. Elza

José Jaime disse...

Gostei muito da sua postagem sobre o prazer, talvez os dicionaristas não sintam prazer em entrar mais a fundo no signicado das palavras...
Obrigado pela visita. Volte sempre, independente de Tertúlia.
Abraços
José Jaime

Pedro disse...

Comentário tão simpático que deixou nos meus bonecos de bolso! Obrigado.
Gostei de todas as abordagens sobre o tema.

Blog do Beagle disse...

José Jaime, linkei seu blog. Obrigada pela visita. Elza

Pedro, linkei seu blog. Obrigada pela visita. Elza

chicoelho disse...

Olá Elza

Bem explicadinho o prazer na sua postagem,gostei.

PS O beagle anuncia sempre uma coisa bôa no meu blog rsrsrrs

bjs

Blog do Beagle disse...

Chicoelho, beagle é tudo de bom!!!!!!! Volte sempre. Elza

Thelma Louise

Thelma Louise
Minha gatinha querida

Pesquisar este blog

Perfil

Elza Maria sempre em busca de respostas. Paradoxal, curiosa, inteligente, crítica, observadora, sentimental, habilidosa, amorosa, sensível, disciplinada e um montão de outras coisas. Ser humano normal, comum, mediano, mas que gosta de escrever e está no quarto blog.

Arquivo do blog

Atualizaçoes

Seguidores

Miau

Get the Maukie - the virtual cat widget and many other great free widgets at Widgetbox!

Passaram por aqui

Créditos

Template: Meiroca.com
Foto: Silvia Perutti