terça-feira, julho 03, 2007

PostHeaderIcon Nomes

Alguns blogs amigos tem comentado os nomes dos brasileiros. Existem alguns bonitos, mas a criatividade do nosso povo é incrível. Os nomes mexidos, traduzidos, fundidos que estão por aí são até engraçados. Também na minha familia existe uma historinha relacionada a nomes:


Minha avó parterna teve 4 filhos e os chamou Wilson, Milton, Edson e Odilon.
Assim que nasceu ela determinou que meu tio Wilson seria médico e não houve quem a demovesse da idéia e, quando chegou a idade, lá foi ele para Salvador cursar medicina. Ao que me conste era a única escola de médicos no Brasil. Voltou de lá casado com Emilia, que está no interior de São Paulo há mais de 60 anos e ainda fala arrastado.
Ao segundo filho coube ser advogado e aos 15 anos meu Pai veio para São Paulo cursar a Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, hoje USP. Precisou, antes, por falta de idade, cursar um ano de pré-jurídico. Foi colega de turma e amigo de duas figuras muito conhecidas: Jânio Quadros e Theotônio Negrão.
O terceiro filho nasceu e ela decidiu que seria engenheiro e, lá foi ele para o Rio de Janeiro, de onde voltou casado com uma menina de apenas 16 anos, muito linda e que lhe deu 5 filhos.
Naquela época, esses eram os cursos universitários importantes e de primeira linha, de modo que, quando meu tio Odilon nasceu, em 1.923, restou-lhe a sina de ser padre. Ele se recusou. Era rebelde, namorador e adorava jogar sinuca. Quando menino caçava passarinho e se banqueteava. Mudou-se para Ribeirão Preto e cursou Farmácia e até hoje trabalha, aos 83 anos.
Depois de encaminhados os filhos minha avó adotou uma menina e como não conhecia nenhum nome terminado em on para dar a ela, colocou MARILENA e ficou por isso mesmo. Ela é professora aposentada, casada e tem 2 filhos. Qualquer dia eu conto a história dela.

Bjkª. Elza

16 comentários:

milton toshiba, va motoQ disse...

Que bacana Elza. PApasaiu cedo para estudar e se formou no ITA. Pegava a Dutra de HArley Davison com side car...

Sou engenheiro, mas faz tempo q nao trabalho nessa area que nao gostava..

bjs

Lica disse...

Nossa! Praticamente uma família matriarcal! Ótimo isso, em uma época em que as mulheres possuíam pouca, ou nenhuma, voz ativa.
Ainda bem que seu tio foi turrão, hein? Coitado!
Imagine ser obrigado a usar batina?
Beijos.

Blog do Beagle disse...

Milton, devia ser um escândalo a Harley chegando na porta do ITA!!! Eu queria ter assistido. Conte mais sobre a história dele, por favor. Poético e sensível como vc é, jamais diria que vc é engenheiro! Bjkª. Elza

Blog do Beagle disse...

Lica, minha avó era italiana. Baixinha e nariguda, casou-se com um brasileiro e tomou conta dos espaços. Ela mandava em tudo e em todos, mas, quando saia da linha, ou seja, mandava demais, meu avô só falava, baixinho para ela: Ceeeeeeeta e ela se recolhia. O nome dela era Concetta. Esses fatos ocorreram em Taiuva, interior de São Paulo. Bjkª. Elza

Luciana Farias disse...

Adorei a história!!!! Meu avô se chamava Dinorah... já escrevi um post sobre isso em um dos meus blogs, fui lá caçar o link: http://www.cantorias.blogger.com.br/2006_05_01_archive.html#38634262

Beijocas!!!!

marilia disse...

ELZA, ADOREI. FUI LENDO O POST ESPERANDO HISTORIA DE NOMES COMPLICADOS OU BIZARROS, E EIS QUE ME DEPARO COM UMA FAMILIA TODA ESPECIAL...RSSS
CONTE MAIS, VC SABE, EU ADORO CASO DE FAMILIA...
BJOS

garrafa e mar disse...

rá ! nisso eu sou campeão. Aldrin é nome de astronauta. mas tanbém de um pesticida banido pela ONU.

Barbara disse...

Wilson, Milton, Edson, Odilon e Marilena - pronto. hohoho.

Blog do Beagle disse...

Luciana, tive um Tio Avô registrado como Darcy. No tempo da Dª Darcy Vargas ele conseguiu mudar o nome para Alexandre. Vou lá no seu link ler a história. Bjkª. Elza

Blog do Beagle disse...

Marilia, cada membro da familia tem seu encanto, não é? Estou rabiscando minha história pelos blogs, sim. Vamos em frente. Bjkª. Elza

Blog do Beagle disse...

Barbara, este post foi para você. Bjkª. Elza

Blog do Beagle disse...

Aldrin é ótimo, de fato. Volte sempre. Bjkª. Elza

marilia disse...

Elzinha...preciso de sua opinião sob meu post de hoje...sério! bjos!

Blog do Beagle disse...

Marilia, ok. Aguarde que eu chego. Bjkª. Elza

marilia disse...

Elzinha, vc é especialista. acredito no seu amor pelos animais, mas me pergunto: pq eu não sinto, se sou uma pessoa bacana e normal?
acho bicho coisa estranha, como se eles estivessem sempre no lugar errado ,na hora errada!...
mas adoro vc e seu blog...
sempre estou aqui lendo suas historias... contradiçoes a parte, vc me deu uma opinião abalizada!!!
Curiosamente, vc foi uma das primeiras leituras minhas , junto com aninha e a yvonne...
acho que vc ama tanto, que me sensibiliza e fico tentando entender através do seu amor, um pouco dos animais! valeu, e achei linda a historia da menina...
obrigada amigona!
bjos

Anônimo disse...

Bom dia...



Sou fotógrafo especializado em animais e atendo grande parte do mercado pet, no momento estou buscando um beagle de aprox.90 dias para a foto de uma embalagem (maiores detalhes ainda em sigilo).

O Cachê para a foto é R$300,00 (que pode ser permutado por ensaio fotográfico caso prefira), a foto será feita em meu estúdio que fica no Km 26 da Rod. Raposo Tavares, em Cotia.



Caso tenha interesse, favor entrar em contato.



Caso não tenha nenhum neste perfil, agradeço se puder me indicar alguém.



Abraço


_________________________________________________

Johnny- João Carlos P. Duarte
+55(11) 9304 0110
http:// www.fotoanimal.com.br

Thelma Louise

Thelma Louise
Minha gatinha querida

Pesquisar este blog

Perfil

Elza Maria sempre em busca de respostas. Paradoxal, curiosa, inteligente, crítica, observadora, sentimental, habilidosa, amorosa, sensível, disciplinada e um montão de outras coisas. Ser humano normal, comum, mediano, mas que gosta de escrever e está no quarto blog.

Arquivo do blog

Atualizaçoes

Seguidores

Miau

Get the Maukie - the virtual cat widget and many other great free widgets at Widgetbox!

Passaram por aqui

Créditos

Template: Meiroca.com
Foto: Silvia Perutti